Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   21 de Dez de 2007, 05:22

A possibilidade de os contratos a prazo voltarem a ter limite de três anos e a simplificação das regras do despedimento individual são temas hoje em destaque na imprensa de Lisboa.
“Contratos a prazo voltam a ter limite de três anos [actualmente são seis]” é a manchete do Diário de Notícias, adiantando que esta é uma das principais propostas do Livro Branco das Relações Laborais.

    O Livro Branco foi apresentado na quinta-feira por António Monteiro Fernandes, presidente da comissão técnica nomeada pelo ministro do Trabalho, para preparar a revisão do Código do Trabalho.

    Na capa, o DN realça também os títulos “Sistema português nas fronteiras”, “Operação Natal fiscaliza droga” e “Animais do circo inspeccionados”.

    O Jornal de Notícias chama à primeira página “Contratos a prazo podem passar de seis para três anos”, salientando ainda que a Comissão do Livro Branco apresentou na quinta-feira propostas que visam “limitar a fraude” nos recibos verdes.

    “Estreia contra porcos” é outro título de destaque do JN que escreve que o Exército usou pela primeira vez em situação real equipamento para guerra biológica na limpeza de suinicultura abandonada em Alcácer do Sal, Alentejo.

    “Mortes na noite do Porto relacionadas com droga”, “Juízes fora do regime de vínculos da Função pública” e “Estado terá de indemnizar EDP se proibir aluguer de contadores” são outras chamadas de capa do JN.

    Em manchete, o Correio da Manhã escreve que “Nova lei acelera despedimentos”, referindo-se a uma recomendação contida no Livro Branco das Relações Laborais apresentado quinta-feira.

    Ao nível da cessação dos contratos de trabalho, a grande novidade no documento está na maior rapidez do processo de despedimento, salienta o CM.

    O diário puxa ainda para a capa “Exército elimina risco biológico”, “Gangs lutam por controlo da droga na noite” do Porto e “Governo põe caloteiros na Internet”.

    O Público faz manchete com o título “[Vítor] Constâncio convoca accionistas do BCP para forçar demissão de administradores”, referindo que os investidores de referência da instituição vão hoje à tarde ao Banco de Portugal.

    As autoridades, escreve o Público, querem provocar já a saída dos gestores implicados nas operações financeiras polémicas.

    O matutino chama ainda à primeira página “Juízes fora do regime geral da função pública” e “Despedir por inadaptação vai ser mais fácil”.

    O 24horas titula “Apontaram uma arma à cabeça de Nuno Assis”, explicando que três ladrões roubaram o jipe de luxo do jogador do Benfica à porta de um concorrido hipermercado em Lisboa.

    “SMS suspeito em telemóvel de inspector da PJ apanhado por Bruno Pidá” e “[Maria José] Morgado arquiva processos que acusavam Carolina Salgado” são outros temas abordados no 24horas.

    O Diário Económico destaca na primeira página “Administradores do BCP em risco de inibição”, avançando que a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e o Banco de Portugal deverão emitir uma decisão preliminar que identifica indícios de ilegalidades no banco.

    O económico chama ainda a atenção para um suplemento especial do jornal sobre “como será mais fácil despedir em 2008”.

    “Consumo das famílias está em queda livre” escreve o Jornal de Negócios na sua edição de hoje, revelando que os empréstimos estão em abrandamento.

    O JdN faz ainda chamadas de capa com “Governo vai estudar proposta de agilização de despedimentos” e “Pedro Caldeira: Credores serão reembolsados a partir de Janeiro”.

    O Semanário destaca “Accionistas [do BCP] vão pedir suspensão da Assembleia-Geral”, salientando ainda que o Presidente da República, Cavaco Silva, fez saber que se interessou pelo dossier do BCP e que chamou a Belém o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos.

    Na primeira página, o Semanário realça também “Queixas ou denúncias à polícia podem ser feitas através da Internet” e uma entrevista a Miranda Calha, coordenador autárquico do PS, na qual diz: “As pessoas que defendem o referendo estão contra a Europa”.

    Os jornais desportivos destacam hoje em manchete a vitória do Benfica frente ao Estrela da Amadora por 3-0, em jogo da 14ª jornada da Liga portuguesa de futebol, disputado em Lisboa.

    A Bola titula “Assim Sim”, referindo que Benfica volta às vitórias com segunda parte esmagadora.

    O Record escreve “Salir a ganar: Benfica despede-se de 2007 com triunfo à sul-americana”, enquanto O Jogo titula “Melhor sem Rui Costa”, salientando que Rodriguez abriu caminho à vitória.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.