Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   17 de Dez de 2007, 05:40

A detenção de mais de uma dezena de pessoas no âmbito da operação “Noite Branca”, de combate à criminalidade associada à noite do Porto, é hoje o tema comum na imprensa matutina lisboeta.
 O Público escolheu para manchete o título “Onze detidos sob suspeita de integrar máfias da noite do Porto”, salientando que a operação “Noite Branca” foi lançada domingo pela Polícia Judiciária com apoio da PSP.

    Os detidos, entre os quais cinco suspeitos de envolvimento directo nas mortes de Aurélio Palha, conhecido empresário da noite portuense, e do segurança Ilídio Correia, vão ser hoje presentes a um juiz de instrução, adianta ainda o jornal.

    “Detenções no Porto preparadas antes de PGR criar equipa” escreve o Diário de Notícias.

    De acordo com o jornal, dois dias antes da nomeação pelo Procurador-Geral da República de uma equipa especial para liderar investigação dos crimes na noite do Porto, já a PJ tinha uma lista de suspeitos e preparava a sua detenção.

    O Correio da Manhã noticia “Polícia apanha gang da Ribeira” enquanto o Jornal de Notícias titula “Judiciária desfaz gangue da Ribeira”, realçando na capa fotografias da detenção de um dos suspeitos Bruno Pidá, alegado líder do gangue da Ribeira.

    O 24horas destaca “Mãe do líder do gangue da Ribeira está com medo de ser morta”, referindo que pânico de vinganças já alastrou às famílias.

    O diário avança ainda que seguranças da Margem Sul estão a preparar-se para tomar conta da noite de Lisboa.

    O Público chama também à primeira página “Grande número de restaurantes vai dizer `não´ ao fumo” e “Criminalidade feminina: Droga é causa de quatro em cada cinco detenções”.

    O Jornal de Notícias puxa para a capa “Alentejo sem mão-de-obra para projectos turísticos” e “Sporting vence Marítimo (2-1) e recupera terceiro lugar do campeonato”.

    Na primeira página, o Diário de Notícias destaca que “Cancro mata 20 mil por dia no mundo”, “FBI analisa imagens do caso Maddie” e “Esmeralda gosta de visitar pai biológico”.

    A preocupação dos portugueses com a reforma e a vitória do Sporting frente ao Marítimo são temas hoje em destaque no Correio da Manhã que realça também que “dois submarinos adquiridos em 2004 não têm contrato de manutenção técnica”.

    “Há 700 milhões de dívidas às empresas encalhadas nos tribunais” é a manchete do Diário Económico, referindo que o Governo pretende acabar com os tribunais entupidos e, para isso, vai apresentar um conjunto de medidas até ao fim do mês.

    O económico revela ainda que será criada uma lista negra com todos os que não pagam o que devem às empresas.

    Na capa, o DE destaca também declarações do presidente da mesa da Assembleia-Geral do BCP, Germano Marques da Silva, sobre investigações ao banco.

    Germano Marques da Silva disse ao DE que “Investigações ao BCP são irrelevantes para a eleição de [Filipe] Pinhal”.

    O Jornal de Negócios titula “Desemprego: Subsídio para todos os funcionários públicos”, salientando que o Partido Socialista avançou na sexta-feira com a proposta e o Parlamento vai discuti-la terça-feira.

    “Governo admite alterar regras do arrendamento jovem” e “Bertrand disposta a comprar editoras de Pais do Amaral” são outros assuntos abordados no JdN.

    O sportinguista Vukcevic é o protagonista das primeiras páginas dos matutinos desportivos graças ao golo que ditou a vitória do clube de Alvalade domingo no Funchal, frente ao Marítimo (1-2).

    “Vukcevic mostra a sua raça”, anuncia O Jogo, referindo que este triunfo, “após mês e meio sem ganhar” na Liga, faz com que o Sporting reocupe o terceiro lugar e fique a dois pontos do Benfica.

    Em A Bola, “o leão está vivo”, com foto de Vukcevic a festejar o golo, referindo o matutino que o jogador, “apesar de mal amado”, “bisou e já tem tantos golos como Liedson”, levando o Sporting a pressionar de novo o Benfica “na luta pela … champions”.

    No Record, com foto idêntica de Vukcevic, anuncia-se que o "leão está de volta", indicando que o jogador colocou o Sporting a dois pontos do Benfica, regressando a equipa de Alvalade às vitórias fora dois meses depois.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.