Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Nov de 2010, 07:17

A possibilidade de reabertura do processo Casa Pia, as críticas da Igreja ao acordo de viabilização do Orçamento do Estado e o fim da obrigatoriedade da ADSE são temas em destaque na imprensa de hoje.

“Erros podem anular condenações na Casa Pia”, salienta o Diário de Notícias (DN) em manchete, explicando que o Ministério Público considera que Carlos Cruz, Bibi e Hugo Marçal terão sido condenados irregularmente e pede a reabertura do processo.

Já o Jornal de Notícias (JN) destaca a notícia “Bispos perplexos com falta de verdade no jogo político”. Críticas feitas, segundo o jornal, no arranque da Conferência Episcopal, na qual descrevem o Orçamento do Estado como um “espetáculo degradante”.

O DN também destaca as acusações da Igreja ao “acordo Governo/PSD no Orçamento” e diz que os bispos pedem ao Governo para que ajude os mais desfavorecidos.

As manchetes do Público e do Diário Económico (DE) salientam que o regime de ADSE “passa a sistema voluntário” e que os “funcionários públicos deixam de ser obrigados” a ter este sistema de saúde.

Os jornais económicos salientam ambos o corte de relações entre a banca e a agência de "rating" Fitch.

Segundo o Jornal de Negócios, o BES e o BCP revoltaram-se contra a Fitch depois de esta agência ter baixado a notação de quatro bancos portugueses (também ao BPI e ao Banif).

“BES rasga contrato com Fitch após corte de ‘rating’”, sintetiza o DE.

Outra notícia em destaque na imprensa é a subida dos juros da dívida soberana que, seguindo o Público, chega “perto dos 7 por cento”.

No Correio da Manhã (CM), a manchete salienta “Políticos e juízes chamados a depor”, adiantando o jornal a que os clientes VIP descobertos em computador de repórter da RTP vão ser chamados a testemunhar sobre a relação que tinham com rede de exploração sexual.

Já o i noticia “Lei abre porta ao acolhimento de crianças por casais homossexuais”, explicando que o apadrinhamento civil não proíbe aos casais homossexuais acolherem crianças institucionalizadas desde que um juiz autorize.

O jornal adianta ainda que “juízes e procuradores correm para receber reformas acima dos 5 mil euros” já que em janeiro mudam as regras de aposentação.

A imprensa de hoje salienta ainda outros títulos como a apreensão de 10 quadros falsos de Cesariny (DN), a antecipação dos cortes salariais por causa das reformas antecipadas (CM), a já existência de uma lei que prevê responsabilidade criminal dos políticos, mas que nunca foi usada (i) ou a perda de quase 600 médicos no serviço público em 2010 (Público).

Na manchete, o semanário Diabo escreve “Cavaco pronto para deixar cair Sócrates” e refere que o Presidente não fará mais apelos à sobrevivência do Governo socialista.

Nos desportivos, destaque para Benfica Sporting. A Bola escreve na manchete “Tolerância zero para Jesus”, após a derrota por 5-0 frente ao FC Porto, salientando o Record “Com Jesus pelos cabelos”, numa referência ao ambiente na Luz.

O Jogo escreve “Vergados”, sobre a derrota do Sporting por 3-2, na receção ao Vitória de Guimarães.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.