Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO Online   Nacional   5 de Jul de 2010, 07:25

A possibilidade de adiamento das portagens nas Scut, a contenção nos salários da função pública, a questão da PT e o anúncio de Cristiano Ronaldo de que foi pai são alguns dos destaques da imprensa de hoje.

“Portagens nas Scut podem atrasar-se um ano”, escreve na manchete o Jornal de Negócios (JdN), adiantando que “Governo não faz qualquer previsão de receita para este ano”.

Também na manchete, o Diário de Notícias (DN) salienta “Governo exclui receitas das Scut das contas de 2010”, enquanto que o Diário Económico (DE) titula “Portagens nas Scut sem efeito orçamental”.

O i salienta na manchete “Governo prepara o maior corte de sempre nos salários da função pública”, referindo que “675 mil funcionários serão afetados”. Destaca também “A agenda económica para a mudança”, um “artigo inédito” de Pedro Passos Coelho.

“Sócrates critica Barroso: ‘comissão defende posições ultraliberais’”, “O filho tem o mesmo nome: Cristiano Ronaldo dos Santos”, “Fisco investiga Brisa por planeamento fiscal abusivo” e “MI5 investiga 20 espiões russos que atuavam no Reino Unido” são outros títulos do i.

O Público destaca em manchete “Empresários não estão a usar as facilidades da lei para despedir”, adiantando também “ANA tira prémios a mães que estão a amamentar”, “Constituição: Jornadas do PS com críticas à revisão do PSD” e “Cavaco Silva em Cabo Verde com política e cultura”.

O Público titula também “Rafael Nadal volta a ser o rei do torneio de Wimbledon”, “Cristiano Ronaldo: Jogador usou Facebook e Twitter para anunciar que já é pai”, “António de Sousa: Subida de juros ‘não terá grande significado’” e “PT nega contacto com a Oi para negociar fusão”.

No DN, três títulos do desporto: “João Moutinho hoje no Dragão”, "Queiroz admite deixar Liedson fora do Euro 2012” e, com grande destaque, “Filho de Ronaldo nasceu dois dias depois do jogo com a Costa do Marfim”.

O DN titula igualmente “PT garante que não mandatou BES e Ongoing para negociar Oi”, “Funcionários da Marsans com ordem para enganar clientes”, “Metade dos alunos do secundário tem risco cardíaco” e “Estado lança caos entre fornecedores de painéis solares”.

O Jornal de Notícias salienta, em manchete, “Piscinas inseguras por ausência de lei”. Adianta também “Pânico no centro histórico de Amarante”, “Negócio dos submarinos previa dois emprestados”, “Ronaldo foi pai durante Mundial e na seleção ninguém soube”, “FC Porto paga 11 milhões por Moutinho” e “Tiros e facadas nos distúrbios em praia do Estoril”.

“Ronaldo paga para ser pai” é a manchete do Correio da Manhã, que titula igualmente “Moutinho é dragão por 11 milhões”, “Guerra de gangs em praias de Cascais”, “Espanhóis arrasados por José Sócrates”, “Ex-fuzo dá tiro na cara à mulher” e “Toiros fazem 16 feridos” em Vila Franca de Xira.

O DE salienta “Reitores avisam que corte orçamental põe salários em risco”, “Governo remete para a PT uma fusão com a Oi”, “Bancos ajustam crédito aos depósitos captados”, “Crise vai destruir mais de 50 mil empregos este ano” e “Ferro Rodrigues em campo para encontrar sucessor de Sócrates”.

Além da manchete sobre as Scut, o JdN titula “Governo e gestão da PT isolam BES e Ongoing”, “Os cinco pecados que tramaram Portugal”, “Banco de Portugal e Caixa pagam mais 56 milhões em dividendos ao Estado”, “Número de pedidos do Fisco para levantar sigilo bancário caiu 40%”, “50 mil empregos vão ser destruídos ao longo deste ano”.

Nos desportivos, o Record explica “Como se perde um capitão”, sobre a transferência de Moutinho para o FC Porto, que merece no Jogo o título “No papel de Lucho”. A Bola destaca a afirmação do benfiquista Nuno Gomes “Ser bicampeão seria uma despedida em beleza”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.