principais destaques da imprensa nacional

Revista de imprensa de Lisboa


 

Lusa/AO   Nacional   19 de Set de 2007, 06:43

 
O acórdão do Supremo Tribunal Administrativo que confirma ilegalidade da repetição dos exames de Física e Química do 12º ano e os jogos Milan-Benfica (2-1) e FC Porto-Liverpool (1-1) são temas hoje em destaque na imprensa.

    O Público faz hoje manchete com o título “Supremo [Tribunal Administrativo] confirma ilegalidade da repetição dos exames do 12º ano”.

    O jornal adianta que o Supremo confirmou a ilegalidade das normas criadas pelo Ministério da Educação no final do ano lectivo 2005-2006, que permitiram aos alunos da primeira chamada dos exames de Física e Química do 12º ano comparecer na segunda chamada.

    De acordo com o matutino, a decisão do ministério privou de uma segunda hipótese os 10 mil alunos que optaram pela segunda chamada dos exames, que esteve na origem de alguns protestos.

    Na primeira página, o jornal realça “Benfica perde em Milão e FC Porto empata em casa” em jogos da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

    O Benfica perdeu com o Milan por 2-1 em Itália enquanto o FC Porto empatou a uma bola no Estádio do Dragão com os ingleses do Liverpool.

    “Código [Processo Penal] afecta cooperação internacional”, “Estados Unidos: Crise obriga a corte profundo nas taxas de juro” e “[Presidente francês] Nicolas Sarkozy propõe `novo contrato social´” são outros títulos do Público.

    “Justiça tenta salvar caso de `Operação Furacão´” é a manchete do Diário de Notícias que avança que o processo está em risco por causa do novo Código de Processo Penal.

    De acordo com o DN, a investigação da “Operação Furacão”, a maior alguma vez desencadeada em Portugal pelo Ministério Público (cerca de 200 arguidos suspeitos de fraude fiscal e branqueamento de capitais), está em risco.

    Em causa estão os novos prazos que poderão permitir acesso imediato dos arguidos aos autos, escreve o DN.

    O DN realça na capa uma fotografia de Lucho Gonzalez do FC Porto e de Rui Costa do Benfica, destacando o empate dos azuis e brancos com o Liverpool e a derrota dos encarnados com o Milan.

    O matutino puxa para a capa dados da Região de Turismo do Algarve que indicam que o desaparecimento de Madeleine há mais de quatro meses na Praia da Luz, Lagos, não teve efeito no turismo algarvio que aumentou 2,2 por cento em Agosto.

    “80 por cento das escolas sem aquecimento”, “Aquilino [Ribeiro] hoje ao Panteão” e “Debate duro entre [Marques] Mendes e [Luís Filipe] Menezes” são outras chamadas de capa do DN.

    O Correio da Manhã noticia “Novas buscas a McCann e amigos”, referindo que a casa dos pais de Maddie vai ser alvo da atenção dos investigadores, que querem ainda voltar a ouvir o grupo que se encontrava com o casal na noite do desaparecimento.

    Sobre os jogos do FC Porto e do Benfica para a Liga dos Campeões, o CM titula “Eficácia italiana derrota Benfica” e “Dragões invencíveis frente aos ingleses”.

    O CM salienta ainda “Estudante mata ex-namorada” em Coimbra, “Homicidas de inglês no Algarve libertados”, “Portugal é dos piores até ao 12º ano” e “[Marques] Mendes e [Luís Filipe] Menezes em debate morno”.

    O 24horas anuncia que “McCann já têm álibi para o ADN de Maddie no carro”.

    Segundo o diário, o casal alega que quando mudou de casa no Algarve transportou na bagageira roupas e sandálias da filha.

    “Mulher que raptou bebé de Penafiel não vai para a cadeia”, “Universitário de Coimbra degola namorada roído pelo ciúme” e “Golo no último minuto disfarça medo a mais do Benfica” são outros temas abordados no 24horas.

    O Jornal de Notícias escolheu para manchete o título “Euribor varia consoante Banca paga ou recebe”.

    O matutino diz que três dos cinco maiores bancos aplicam a lei só quando esta lhes permite maiores ganhos.

    O JN adianta ainda que a associação de defesa do consumidor Deco admite recorrer aos tribunais enquanto o Governo e o Banco de Portugal procuram solução.

    “Erros saem caro” é outro título do JN que realça os jogos de Benfica e FC Porto para a Liga dos Campeões.

    O JN puxa ainda para a capa “Menezes e Marques Mendes empatam-se na televisão”, “Aquilino levado ao Panteão para junto dos maiores de Portugal”, “Portugal deixa de ser o país de acolhimento sonhados pelos imigrantes”.

    Na primeira página o Diário Económico salienta “BCE pressionado a não subir juros”, considerando que a Reserva Federal surpreendeu ao descer os juros nos Estados Unidos em 0,5 pontos percentuais.

    O económico destaca uma fotografia que mostra clientes do banco inglês Northern Rock a reclamarem os seus depósitos, titulando “Como reagir quando um banco colapsa”.

    As poupanças portuguesas são protegidas pelo Fundo de Garantia e Depósitos”, acrescenta o DE.

    “Sporting vende património e apresenta lucro”, “Portugueses e espanhóis juntam-se para explorar TGV [comboio de alta velocidade]”, “Sonaecom perde 1,8 mil milhões com fim da OPA sobre a PT” e “Empresários pedem ao Governo que reduza a despesa no próximo ano” são outros temas do DE.

    O Jornal de Negócios realça na capa “Rede espanhola desafia REN [Redes Energéticas Nacionais] para aliança no Brasil”.

    Em entrevista ao JdN, o presidente da Rede Eléctrica Espanhola, Luiz Atienza, adiantou que quer aprofundar a parceria com a REN, o que passa pelas parcerias para novos mercados.

    O JdN escreve ainda “Sporting lucra 14,5 milhões”, “Corte de juros nos EUA impulsiona Bolsas e leva euro e petróleo a máximos históricos”, “Metade das empresas com prejuízo passou a ter lucro após ameaça do Fisco” e “Pais do Amaral entra na Reditus”.

    A revista Focus destaca na sua edição de hoje “Você pode descender de D. Afonso Henriques”, realçando a genealogia de personalidades como o Presidente da República, Cavaco Silva, o jogador Cristiano Ronaldo, o primeiro-ministro José Sócrates ou a actriz Soraia Chaves.

    “Os milhões dos McCann: Como a família de Maddie está a preparar a defesa” e “O Homem-forte da PT: A fabulosa ascensão de Zeinal Bava” são outras temas abordados na Focus.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.