Revista da imprensa de Lisboa


 

Lusa/AO Online   Nacional   30 de Jun de 2010, 08:59

A desilusão de Eduardo com a eliminação de Portugal do Mundial2010 ilustra as primeiras páginas dos jornais de hoje, que também destacam a nova oferta da Telefónica à PT e a situação dos bancos nacionais.

“Portugal eliminado após erro de Queiroz”, escreve o Diário de Notícias (DN) na manchete, sobre uma foto do guarda-redes Eduardo a chorar após a derrota frente à Espanha, por 1-0.

O Correio da Manhã (CM) também afirma “Erro de Queiroz trai Portugal”, o Público interroga “Que fizemos nós para merecer isto?”, o Jornal de Notícias (JN) mostra Eduardo a chorar em campo e diz ser “O rosto da nossa tristeza” e o i, também com o guarda-redes a chorar, titula simplesmente “Acabou”.

O Diário Económico (DE) escreve na capa “Acabou o sonho para Portugal”.

“Lágrimas, desespero e polémica” é a manchete do desportivo A Bola, enquanto que o Record simula um cartaz tauromáquico e titula “Fomos colhidos”, acrescentando “Ronaldo nas tábuas… ganhou ‘El Toro’”.

O Jogo adianta na manchete “James desviado para o Dragão” e sobre o Mundial2010 escreve simplesmente “CR zero”, ilustrando o tema com uma foto de Cristiano Ronaldo cabisbaixo.

Sobre a PT, o Público titula “Telefónica sobe a oferta pela Vivo em véspera de assembleia decisiva”, o CM “Telefónica dá mais 650 milhões”, o DN “Telefónica sobe oferta pela Vivo e condiciona AG”, o JN “Telefónica oferece à PT mais 650 milhões pela brasileira Vivo” e o i “Telefónica aumenta oferta pela Vivo para 7,15 milhões”.

Para o DE, “Telefónica está mais próxima de comprar a Vivo com revisão em alta da oferta”. O Jornal de Negócios (JdN) titula simplesmente “O comando é deles” sobre a assembleia geral de acionistas da PT, que se realiza hoje.

O DN também destaca “BCE corta fundos aos bancos e agrava crise no crédito”, “Isenções nas Scut deixam Governo e PSD num impasse”, “Pais obrigados a cortar educação e saúde dos filhos” e “Oficiais da GNR querem militares fora da segurança”.

O Público titula “Governo propõe novas isenções e pressiona PSD”, o CM salienta, na manchete, “GNR teme verão quente” e, sobre a crise, “Banca sem dinheiro para emprestar”.

O JN adianta “Câmaras vão controlar o fecho de escolas” e “46 concelhos ficarão isentos de portagem nas SCUT”.

No i, lê-se “Só um terço dos portugueses vão de férias no verão”, “Pinto Monteiro: ‘Não há melhor justiça que a portuguesa na UE’” e “Bancos têm de pagar amanhã 8,6 mil milhões de euros ao BCE”.

O DE titula “Prestação da casa sobe pela primeira vez desde outubro de 2008”, “Fisco vai ter acesso às contas bancárias de quem tem dívidas à Segurança Social” e “Tabaqueira aumenta vendas apesar da lei anti-fumo”.

O JdN salienta “Nova arquitetura do Grupo Caixa abre porta a mudanças na gestão”, “Apoios à banca prolongados até dezembro”, “Bancos sem dinheiro pedem manutenção das linhas de crédito ao BCE” e “Governo dá 35 dias aos bancos para revelarem informação sobre juros”.

“Isenções nas Scut atrasam acordo entre Governo e PSD”, “Carros elétricos poderão poupar 280 milhões por ano em petróleo”, “Poupanças das empresas financia metade do investimento” e “Obras Públicas com derrapagens de 295% no custo e 4 anos no prazo” são outros títulos do JdN.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.