Respiram gasolina e unem a paixão pelo automobilismo à solidariedade em Vila Real

Respiram gasolina e unem a paixão pelo automobilismo à solidariedade em Vila Real

 

Lusa / AO online   Nacional   25 de Jun de 2017, 12:19

Seis amigos de Vila Real criaram a "Respiramos Gasolina", uma associação informal que divulga o mundo do automobilismo e transformou a paixão pelas corridas em solidariedade social.

 

Em comum têm o facto de terem nascido em Vila Real e partilharem a paixão pelas corridas de automóveis. Armando Silva, Daniel Palheiros, João Esteves, Paulo Ribeiro, João Moreira e Luís Meireles gostam do cheiro a gasolina e dos pneus queimados e gostam de ajudar.

Por isso mesmo decidiram juntar-se na "Respiramos Gasolina" que é, para já, uma associação informal e que tem como missão informar sobre o mundo do automobilismo e organizar eventos de solidariedade social.

O fundador do projeto, Armando Silva, disse hoje à agência Lusa que, na página que criaram na rede social Facebook, vão colocando todas as informações sobre o Circuito Internacional de Vila Real, a prova de destaque do evento, o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), e sobre os pilotos da cidade transmontana.

Neste fim de semana o trabalho é intenso, já que decorre o 47.º Circuito Internacional de Vila Real, e os amigos espalham-se pelos pontos estratégicos dos mais de quatro quilómetros de pista para tirarem fotografias, recolherem vídeos e observarem a competição entre os pilotos.

A informação é colocada o mais rapidamente possível na página para os cerca de 5.000 seguidores.

"As corridas estão no nosso ADN. Não nos víamos sem corridas, sem carros, sem respirar gasolina. É a emoção. As corridas ou se gosta ou não se gosta, ninguém gosta mais ou menos de corridas. Nós gostamos muito", frisou Armando Silva.

O circuito urbano decorre, este ano, em dois fins de semana, regressando entre 08 e 09 de julho.

Depois, ao longo do resto do ano, a "Respiramos Gasolina" vai informando sobre as restantes etapas do WTCC e a atuação do piloto português Tiago Monteiro, sobre a preparação durante o inverno para a nova época e sobre tudo o que está relacionado com os pilotos de Vila Real.

Armando Silva referiu que o grupo quis também unir o automobilismo à solidariedade social e, para isso, vão organizando eventos cujas receitas revertem para associações e instituições da cidade.

No verão de 2016, numa altura em que o distrito estava a ser fustigado pelos incêndios florestais, organizaram uma exposição de carros de corrida e de clássicos em que a entrada era um bem alimentar, como água, leite, bolachas ou enlatados.

"Correu bem, conseguimos juntar quatro toneladas de bens alimentares que distribuímos pelas duas corporações de bombeiros da cidade, a Cruz Branca e a Cruz Verde", contou.

Depois, em dezembro, as receitas de uma exposição de carros de corrida e de um sorteio de um cabaz de compras reverteram para a plataforma Proanimal, que ajuda animais abandonados em Vila Real

Para este verão, segundo Armando Silva, está a ser organizado outro evento solidário que reverterá para os bombeiros da cidade.

A "Respiramos Gasolina" quer evoluir para uma associação constituída formalmente e ambiciona juntar-se à organização do Circuito Internacional de Vila Real.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.