EUA

Reserva Federal promete tomar medidas se a economia abrandar


 

Lusa/AO Online   Economia   27 de Ago de 2010, 17:19

O presidente da reserva federal norte-americana (Fed), Ben Bernanke, admitiu hoje que o banco central pode comprar mais dívida pública se a economia abrandar significativamente e se se agravarem os riscos de deflação.

Bernanke falava pouco depois de terem sido revelados dados oficiais que reviram em baixa o crescimento da economia norte-americana no segundo trimestre, para uma taxa de 1,6 por cento, aumentando os receios de que volte a entrar em recessão.

Bernanke, que falava numa conferência anual da Fed (o banco central dos Estados Unidos) disse que as perspetivas são incertas e que a economia “continua vulnerável a desenvolvimentos inesperados”.

O presidente do Fed não se comprometeu com ações específicas, mas admitiu que o Fed pode fazer uma nova compra de títulos, provavelmente dívida pública ou títulos hipotecários, para baixar as taxas sobre as hipotecas e outras dívidas de forma a encorajar o consumo dos norte-americanos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.