Ensino superior

Reitores defendem dinamização do provedor do estudante

Reitores defendem dinamização do provedor do estudante

 

Lusa / AO online   Nacional   19 de Mai de 2010, 11:56

O presidente do conselho de reitores mostrou-se esta quarta-feira a favor do regime de prescrições, mas defendeu a necessidade de dinamizar o papel do provedor do estudante na ajuda individual aos alunos para evitar que permaneçam vários anos nas universidades.
O presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), António Rendas, foi esta quarta-feira ouvido na Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, no âmbito da apreciação de uma petição entregue no parlamento pelos representantes de diversas associações académicas a pedir a suspensão do regime de prescrições (limite de matrículas para concluir um curso).

O socialista Manuel Mota lembrou que os alunos estão às vezes 20 e 30 anos para acabar o curso, o que considera "pernicioso, até do ponto de vista financeiro".

Os partidos da oposição foram unânimes em alertar para a individualidade dos casos, lembrando que alguns alunos têm dificuldades de educação, financeiras e alimentares, enquanto outros seguem um percurso errático, mas acabam por estabilizar e seguir o seu caminho.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.