Ensino superior

Reitores aceitam contratos de confiança com o Governo


 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Jan de 2010, 14:57

As universidades estão disponíveis para celebrar “contratos de confiança” com o Governo mas esperam em contrapartida mais financiamento do Estado, disse o presidente do Conselho de Reitores (CRUP), Fernando Seabra Santos.
“Estamos inteiramente disponíveis para celebrar contratos de confiança com o Governo, para contratualizar objectivos concretos, para continuar a aumentar os níveis de desempenho e para, em contrapartida, podermos pelo menos repor os níveis de financiamento de anos anteriores”, declarou o reitor da Universidade de Coimbra aos jornalistas, à margem da posse do novo administrador dos Serviços de Acção Social.

Referindo-se à reunião que manteve, terça-feira, como primeiro-ministro, José Sócrates, Seabra Santos frisou que os reitores “estão à espera que a intenção de celebrar contratos de confiança possa ser acompanhada de um envelope financeiro totalmente exequível”.

“Tal como deve fazer um bom gestor a todos os níveis, que é alocar recursos a quem os sabe gerir, assim nós esperamos que o Governo faça em relação às universidades”, disse, referindo dados estatísticos que “comprovam a melhoria do nível de desempenho do ensino superior”.

O presidente do CRUP disse “esperar que nos próximos dias os valores (do financiamento) se concretizem, porque o tempo urge”, e manifestou-se convencido de que as contrapartidas reclamadas pelas universidades serão asseguradas, quando questionado sobre as garantias que recebeu do primeiro-ministro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.