Reitor de Fátima pede a crianças para ajudarem a acelerar canonização de pastorinhos

Reitor de Fátima pede a crianças para ajudarem a acelerar canonização de pastorinhos

 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   20 de Fev de 2017, 17:04

O reitor do Santuário de Fátima contou hoje com a presença de centenas de crianças na oração do terço, aproveitando o momento para lhes pedir que rezassem para que a Igreja reconheça Jacinta e Francisco como santos "o quanto antes".

No final da oração do terço e depois de serem distribuídas imagens dos ícones dos dois pastorinhos, o reitor do Santuário, Carlos Cabecinhas, deixou um pedido: "Não se esqueçam de rezar para que a Igreja possa, o quanto antes, reconhecer Francisco e Jacinta como santos".

Cerca de 600 crianças de Fátima participaram hoje numa catequese dada pela postuladora da causa de canonização dos dois irmãos beatos, Ângela Coelho, na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima.

Ângela Coelho falou de Francisco e de Jacinta e algumas das crianças mostraram os conhecimentos que tinham em torno das aparições.

Durante a iniciativa, a postuladora foi descodificando a mensagem da Igreja e a própria história dos pastorinhos, com a ajuda das crianças.

"Fazer como Nosso Senhor é ajudar os pobres", notou um dos participantes.

E se Jacinta "não fazia o milagre da multiplicação dos pães", "partilhava da sua merenda para dar aos que não tinham nada", acrescentou Ângela Coelho.

Ao longo da catequese, a postuladora foi dando exemplos de coisas que as crianças podem fazer para serem, citando o bispo de Leiria/Fátima, "como Jacinta e Francisco, duas estrelas a iluminar a noite do nosso tempo".

Nesse sentido, apelou à partilha e também à atenção aos outros, nomeadamente os mais frágeis.

A iniciativa estava inserida na festa de evocação de Francisco e Jacinta, que decorreu hoje e domingo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.