Reino Unido vai subir impostos e cortar a despesa


 

Lusa / AO online   Economia   22 de Jun de 2010, 18:21

O novo governo britânico anunciou esta terça-feira, através do ministro das Finanças, George Osborne, várias medidas de austeridade para reequilibrar as contas públicas do país, entre as quais o aumento dos impostos e o corte da despesa públic
O governante revelou que vai aplicar uma taxa à banca, subir os impostos nos bens e serviços, congelar os salários no sector público e cortar os gastos com benefícios sociais.

"Este orçamento de emergência resolve decisivamente os problemas de dívida recorde do nosso país. Paga o passado e planeia o futuro", frisou George Osborne, que apresentava o Orçamento do Estado no Parlamento britânico.

Segundo o ministro das Finanças britânico, o plano de recuperação "é duro, mas também é justo".

Até 2014-2015, o governo prevê um corte de 20,5 mil milhões de euros na despesa pública e George Osborne sublinhou que, com estas medidas, o défice estrutural das contas públicas será eliminado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.