'Rei Ghob' condenado a 17 anos de prisão

'Rei Ghob' condenado a 17 anos de prisão

 

Lusa/AO online   Nacional   18 de Set de 2017, 14:51

O Tribunal de Loures condenou Francisco Leitão, conhecido como 'Rei Ghob', a 17 anos de prisão por 14 crimes, oito de violação, quatro de pornografia de menores, um de ameaça agravada e um de devassa da vida privada.

Francisco Leitão respondia por 542 crimes de violação, seis de pornografia de menores e ainda um crime de ameaça agravada, ofensa à integridade física qualificada e devassa da vida privada.

Os factos imputados pela acusação remontam ao período entre 2009 e 19 de julho de 2010, data em que foi detido pela Polícia Judiciária por ser o principal suspeito do homicídio de três jovens, crimes pelos quais, em 2012, foi condenado a 25 anos de prisão.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.