Saúde

Rede de cuidados oncológicos prevê abrir mais respostas

Rede de cuidados oncológicos prevê abrir mais respostas

 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Jan de 2010, 14:44

A ministra da Saúde afirmou esta quarta-feira que a rede nacional de cuidados oncológicos prevê “abrir mais respostas” e com “melhor qualidade” no Serviço Nacional de Saúde para o tratamento do cancro em Portugal.
O projecto de rede nacional de cuidados oncológicos, que está em discussão pública, estabelece, entre outros "requisitos mínimos", que as unidades só funcionarão se tiverem 500 novos casos por ano e só haverá serviço de Oncologia nos hospitais com pelo menos mil novos doentes por ano.

Questionada sobre o possível fecho de unidades que não reúnam "requisitos mínimos", a ministra Ana Jorge afirmou que “o que está no plano é abrir mais respostas no serviço para tratamento do cancro em Portugal", acrescentando "não só mais como de melhor qualidade”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.