Recorde de voo fixado em São Jorge

Recorde de voo fixado em São Jorge

 

Arthur Melo   Outras modalidades   29 de Nov de 2012, 16:08

Os pilotos do Clube Asas de São Miguel João Brum, Pedro Perpétuo e Hugo Sousa estabeleceram um novo recorde de distância em voo livre de parapente nos Açores.

No passado domingo, os três cumpriram o projeto “Challenge São Jorge - SATA 2012”, voando ao longo de mais de 53 quilómetros da costa norte da ilha, conseguindo o feito ao fim de 19 anos.

Foi em 1993 que a ideia nasceu, um sonho idealizado por João Brum e que permitiu estabelecer o novo recorde de distância - 53 quilómetros -, já que o anterior era de 39 quilómetros.

A oportunidade surgiu no último sábado, dia 25, numa maratona que se iniciou pelas 09h00 em Ponta Delgada, hora que os pilotos partiram rumo a São Jorge, num voo com, escala na Terceira.

Na chegada às Velas depararam-se com condições meteorológicas bastante favoráveis e perto das 14h00 os três pilotos deslocaram a cerca de 5 quilómetros do extremo ocidental da “ilha do dragão”.

Depois de voarem sobre a Ponta dos Rosais, João Brum, Pedro Perpétuo e Hugo Sousa percorreram a costa norte até à ponta do Topo, cumprindo mais de 53 quilómetros em pouco mais de duas horas de voo, a uma altitude máxima de 900 metros.

O feito foi testemunhado por um operador de imagem profissional que registou em vídeo e fotografia a expedição que redundou na obtenção do novo recorde de distância de parapente nos Açores.
Desde o passado mês de junho que a edição deste ano do projeto estava sendo preparado, aguardando pelas condições meteorológicas favoráveis.

O projeto “Challenge São Jorge - SATA 2012” tem o patrocínio da SATA, da Aventour, da Pousada de Juventude de São Jorge e das Juntas de Freguesia dos Rosais, Norte Pequeno, Norte Grande, Ribeira Seca, Santo Antão e Topo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.