Turismo

Receitas do turismo devem cair 15% este ano mas em 2012 será pior

Receitas do turismo devem cair 15% este ano mas em 2012 será pior

 

Lusa/AO online   Nacional   29 de Nov de 2011, 10:44

A Associação de Agências de Viagens estimou que a quebra este ano nas receitas do turismo de lazer é de 15 por cento e admitiu que a eliminação de feriados vai agravar a tendência.
“As estimativas que fazemos é que, este ano, e em relação às viagens de lazer, a quebra andará nos 15 por cento”, disse  o porta-voz da APAVT Paulo Brehm, acrescentando que só se poderá ter valores exactos no final do ano, quando forem divulgadas as contas das associadas.

Já nas viagens de negócios, avançou, a redução nas receitas deverá ser “ligeiríssima” enquanto a recepção de turistas até “deve ter registado um aumento”.

Para Paulo Brehm, a redução sentida este ano pelas agências de viagens ainda não foi completa, antecipando que o próximo ano se faça “sentir na totalidade os efeitos da crise e das medidas de austeridade tomadas pelo Governo”.

Embora não tenha ainda estimativas para 2012, o presidente da APAVT admitiu que a eliminação de alguns feriados e pontes – decidida pelo Governo como forma de reforçar a produtividade – “vai agravar a tendência”.

“É óbvio que afecta sempre”, disse, lembrando que “faz parte da tradição e dos hábitos dos portugueses [aproveitar os feriados e pontes] para fazer pausas mais longas e [a sua eliminação representa] menos oportunidades”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.