Reabilitação urbana teve "forte crescimento" em maio

Reabilitação urbana teve "forte crescimento" em maio

 

Lusa/Açoriano Oriental   Economia   22 de Jun de 2017, 11:36

A atividade de reabilitação urbana aumentou 22,6%% em maio, em termos homólogos trimestrais, segundo o barómetro da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

 

De acordo com o inquérito de maio, realizado pela AICCOPN aos empresários que operam no segmento da reabilitação urbana, verifica-se um forte aumento do nível de atividade de - 22,6% - em termos homólogos trimestrais (que compara o primeiro trimestre de 2017 com o primeiro trimestre de 2016).

A produção contratada em meses (o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção) registou um aumento de 23,1%, em termos homólogos trimestrais, fixando-se no mês de maio em oito meses de produção assegurada, de acordo com o barómetro da associação AICCOPN.

No indicador que mede a evolução da carteira de encomendas observa-se também um forte crescimento no período em análise, registando-se uma variação de 29,0%, em termos homólogos trimestrais.

Fundada em 1892, a AICCOPN é uma associação de âmbito nacional, que representa cerca de 8.000 empresas do setor da construção civil e obras públicas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.