Irão começou a desmantelar algumas instalações nucleares


 

Lusa/AO online   Internacional   18 de Nov de 2015, 17:14

O Irão começou a desmantelar algumas das suas instalações nucleares em conformidade com o acordo de Viena assinado com as grandes potências em julho, anunciou a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA).

 

"O Irão começou a retirar centrifugadoras e infraestruturas associadas" dos complexos de Fordo e de Natanz, indicou a agência no seu relatório mensal divulgado em Viena.

As medidas representam o cumprimento dos compromissos assumidos por Teerão através do acordo de 14 de julho, visando garantir a natureza civil do seu programa nuclear para obter o levantamento das sanções internacionais de que é alvo e que prejudicam a sua economia.

Nos termos do acordo, o Irão compromete-se a limitar as suas capacidades nucleares e a ser alvo de um controlo internacional reforçado.

O acordo entrará em vigor nas próximas semanas ou meses, após a confirmação do cumprimento de todos os compromissos prévios.

A redução em dois terços do número de centrifugadoras iranianas é um dos pontos cruciais do acordo, tratando-se de equipamentos que podem ser utilizados para fabricar matéria físsil para uma bomba nuclear.

Classificado de histórico, o acordo de 14 de julho foi assinado pela Irão e pelo grupo dos 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança -- Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China - e a Alemanha) após mais de 13 anos de diferendos internacionais sobre o programa nuclear de Teerão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.