Transporte marítimo de passageiros nos Açores reforçado a partir de 9 de junho

Transporte marítimo de passageiros nos Açores reforçado a partir de 9 de junho

 

Lusa/AO online   Regional   3 de Jun de 2016, 17:31

O segundo navio da operação sazonal de 2016 da empresa de transporte marítimo de passageiros e viaturas nos Açores, Atlânticoline, começa a operar na quinta-feira, reforçando até setembro a oferta já existente, anunciou o presidente da empresa.

 "Precisamos dos dois navios para dar resposta à procura e ao cumprimento dos horários", afirmou João Ponte, acrescentando que o "Paraguana I" foi submetido hoje a uma vistoria pela autoridade marítima em Lisboa, estando prevista a sua chegada a Ponta Delgada, ilha de São Miguel, no domingo.

A Atlânticoline informou em maio que um segundo navio iria começar a operar no mar dos Açores a 9 de junho (quinta-feira), mas o catamaran "Alkioni" apresentado em março foi substituído pelo "Paraguana I", a pedido do armador e sem encargos adicionais para a empresa pública regional.

Trata-se de um monocasco em aço de alta velocidade, com capacidade para 670 passageiros e 147 viaturas e com 95 metros de comprimento.

A velocidade máxima é de 34 nós, contudo o navio irá operar a uma velocidade de 22/23 nós, "por uma questão de poupança de combustível".

"Esse navio, em relação ao anterior, é ligeiramente mais económico", referiu João Ponte, informando que a operação sazonal de 2016, feita com o fretamento de dois barcos, tem um custo de 5,6 milhões de euros.

Segundo o administrador, durante o mês de maio a procura "é ainda bastante baixa, tal como em setembro", pelo que é a partir das férias escolares que "há de facto um crescimento acentuado do número de passageiros".

Em 2016 a operação sazonal da Atlânticoline arrancou no final de abril, com 24 horas de atraso, na sequência da reinspeção de que foi alvo o navio "Express Santorini", dado que na primeira inspeção foram detetados problemas ao nível de uma bomba de esgoto, pequenas fugas de óleo e na documentação relativa ao sistema de combate a incêndios.

Na operação sazonal do último ano, realizada com os navios "Express Santorini" e "Hellenic Wind", foram vendidos 60.564 bilhetes e transportados 10.312 viaturas em 502 viagens entre as ilhas, o que representou um aumento de 37 viagens face a 2014, revelou em março o administrador, numa conferência de imprensa em Ponta Delgada.

A Atlânticoline também realiza uma operação regular durante todo o ano entre as ilhas do denominado Triângulo (Faial, Pico e São Jorge), com navios próprios. Em 2015 o número de viaturas transportadas aumentou 113,7% e o número de passageiros cresceu 7,8% face a 2014.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.