Rafael Nadal regressa à liderança do 'ranking' mundial três anos depois

Rafael Nadal regressa à liderança do 'ranking' mundial três anos depois

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   21 de Ago de 2017, 10:41

O espanhol Rafael Nadal regressou hoje oficialmente à liderança do 'ranking' mundial de ténis, depois de ter ocupado esta posição pela última vez em 7 de julho de 2014.


Nadal remeteu o britânico Andy Murraypara a segunda posição da hierarquia, apesar de ter sido eliminado nos quartos de final do Masters 1.000 de Cincinnati pelo australiano Nick Kyrgios.

"Ser número um depois de tudo o que passei nestes últimos dois anos é algo incrível. É um feito indescritível voltar a esta posição três anos depois", referiu o maiorquino, de 31 anos, que ocupou o 12.º lugar no verão de 2015.

O búlgaro Grigor Dimitrov, campeão em Cincinnati, subiu ao nono lugar, superando o japonês Kei Nishikori e o canadiano Milos Raonic, que saiu do 'top10', enquanto Alexander Azverev e Marin Cilic trocaram de posições, com o alemão a subir ao sexto posto, naquela que é a sua melhor classificação de sempre.

João Sousa subiu quatro posições até ao 50.º lugar, Pedro Sousa manteve o 125.º posto, Gastão Elias ascendeu oito até ao 154.º e João Domingues caiu um para o 186.º.

Na classificação feminina, liderada pela checa Karolina Pliskova, com curta distância sobre a romena Simona Halep, destacou-se a subida da espanhola Garbine Muguruza ao terceiro posto e a queda da alemã Angelique Kerber para o sexto lugar, na única alteração entre as 10 primeiras.

Michelle Larcher de Brito continua a ser a primeira portuguesa da lista, no 326.º posto, apesar da descida de nove posições.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.