Queda de peças de avião da TAP causa danos em viaturas e habitação em Camarate

Queda de peças de avião da TAP causa danos em viaturas e habitação em Camarate

 

AO/Lusa   Nacional   12 de Jul de 2014, 16:34

Duas viaturas e uma habitação em Camarate, Loures, ficaram sábado de manhã danificadas depois de várias peças terem caído de um avião da TAP, quando o aparelho descolava com destino ao Brasil.

 

Em declarações à agência Lusa, fonte do comando de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) adiantou que foram recolhidas no local 30 peças, a maior das quais com cerca de quatro centímetros, depois de testemunhas terem dado conta do incidente junto da esquadra de Camarate.

A mesma fonte disse que, na sequência da queda das peças do avião da TAP, duas viaturas ficaram com os vidros partidos e uma habitação ficou com os estores danificados.

Acrescentou ainda que não houve registo de feridos, apenas danos materiais.

O incidente aconteceu por volta das 10:30 e, segundo fonte do gabinete de imprensa da TAP contactada pela Lusa, envolveu um Airbus 330 com 268 pessoas a bordo que seguiam com destino ao Brasil.

A mesma fonte da TAP disse também que o avião teve um problema num reator e que o aparelho foi entregue às equipas de manutenção, estando imobilizado para ser avaliado e reparado.

Afirmando que o avião aterrou no aeroporto da Portela por volta das 11:30 e que “tudo correu bem na aterragem”, a mesma fonte disse que a companhia aérea está agora a procurar “a solução mais rápida” para levar os passageiros a São Paulo.

Relativamente aos danos causados nas viaturas e na habitação, a assessora da TAP deixou a garantia que a companhia aérea irá apurar os prejuizos e assumirá tudo o que for da sua responsabilidade.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.