Queda de avião comercial no Irão faz 48 mortos, incluindo 3 crianças e 3 bebés

Queda de avião comercial no Irão faz 48 mortos, incluindo 3 crianças e 3 bebés

 

AO/Lusa   Internacional   10 de Ago de 2014, 11:09

Quarenta e oito pessoas morreram hoje na queda de um avião comercial em Teerão, entre as quais 34 passageiros adultos, três crianças, três bebés e oito tripulantes, informou a agência de informação estatal IRNA, citada pela EFE.

 

De acordo com a agência France Presse, o avião despenhou-se às 09:18 (05:48 em Lisboa) numa zona não habitada a cerca de cinco quilómetros a norte do aeroporto de Mehrabad, destinado a voos domésticos, e perto do estádio Azadi, na zona sudeste da capital iraniana.

Já a agência EFE escreve que o aparelho, uma versão iraniana do Antonov-140, caiu minutos depois de ter descolado a sul do aeroporto de Meharabad, citando um porta-voz da Cruz Vermelha, que disse, no entanto, que a queda ocorreu numa zona habitada.

"O avião despenhou-se na rua número 6 do complexo habitado Azadi. Não temos informações exatas sobre as causas do acidente", disse Hosein Derajshan, responsável da organização internacional.

O avião pertencia à companhia iraniana Taban Airlines e voava entre Teerão e a cidade de Tabas, ambas no Irão, quando um dos motores parou, pouco depois da descolagem, segundo a EFE.

O Corpo dos Guardiães da Revolução desmentiu as primeiras informações que davam conta de que o avião era sua propriedade, informou a agência Fars, próxima deste movimento militar, citada pela EFE.

O Irão tem uma frota aérea obsoleta e há vários anos que enfrenta grandes dificuldades para encontrar peças de substituição, devido às sanções internacionais, o que tem gerado graves atrasos nos voos internos.

O último acidente grave aconteceu em janeiro de 2011, quando um avião comercial se despenhou durante uma aterragem de emergência por causa de uma tempestade de neve no norte do Irão, provocando a morte de 77 pessoas, adiantou a cadeia estatal de notícias Press TV.

Antes disso, em julho de 2009, outros 168 passageiros morreram quando o avião em que viajavam chocou com outro aparelho no noroeste do país, depois de descolar da capital iraniana.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.