Quase uma centena de incêndios deflagraram nas primeiras oito horas do dia de hoje

Quase uma centena de incêndios deflagraram nas primeiras oito horas do dia de hoje

 

LUSA/AO Online   Nacional   9 de Ago de 2015, 14:37

Quase uma centena de incêndios deflagraram em Portugal nas primeiras oito horas do dia de hoje, segundo o site da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

As situações que mais meios humanos mobilizavam após as 08:00 eram os incêndios de Vila Nova de Cerveira e o de Terras de Bouro. O fogo florestal em Vila Nova da Cerveira, que começou há quase 24 horas, encontra-se a ser combatido por 157 operacionais, apoiados por 48 viaturas e dois aviões pesados. O incêndio em Vilar do Monte, Terras de Bouro, que já lavra desde sexta-feira de manhã, ocupava 224 operacionais, dos quais 163 bombeiros, auxiliados por 52 viaturas e um helicóptero. Segundo a página da internet da Proteção Civil, desde as 00:00 de hoje ocorreram 97 incêndios rurais, em zonas de floresta ou mato. A temperatura em Portugal Continental vai chegar hoje perto dos 40 graus de máxima por causa de uma massa de ar quente e seco, alertou no sábado o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). O IPMA prevê que as temperaturas máximas oscilem hoje entre os 30 e os 40 graus, com as máximas mais elevadas a serem antecipadas para Lisboa, Setúbal, Santarém e interior do Alentejo. A razão de ser deste aumento da temperatura no continente é uma massa de ar quente e seco, proveniente do interior da Península Ibérica e do Norte de África durante o dia de hoje e segunda-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.