Quase 45 mil novos alunos em 2015 com 1.629 colocados na 3.ª fase

Quase 45 mil novos alunos em 2015 com 1.629 colocados na 3.ª fase

 

Lusa/AO Online   Nacional   9 de Out de 2015, 07:53

Dos 4.355 candidatos a um lugar na 3.ª fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior, 1.629 estudantes conseguiram uma colocação nas universidades e politécnicos públicos, este ano com quase 45 mil novos alunos.

De acordo com a Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), 4.892 vagas foram levadas a concurso na 3.ª fase, entre as não ocupadas na 1.ª e 2.ª fases e lugares libertados por alunos que mudaram de curso, e sobraram, ainda assim, e apesar do número de candidatos, 3.276 lugares.

A diferença entre o número total de vagas levadas a concurso e o número de lugares sobrantes deveria corresponder a 1.616 colocações. A diferença para os 1.629 colocados explica-se pelos empates nas notas de candidatura à última vaga disponível de um curso, que obriga à criação de vagas extras.

Contabilizadas as três fases de candidatura, entraram em 2015 no Ensino Superior público 44.412 novos estudantes.

No total, universidades e politécnicos viram este ano 88,7% das vagas preenchidas. A contabilização por subsistema indica que as universidades praticamente atingiram o limite da sua capacidade, com 96,7% de vagas ocupadas, e os politécnicos ficaram um pouco abaixo de 90% do seu limite, com 87,8% dos lugares preenchidos.

Por instituição, o ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa e a Universidade Nova de Lisboa, a par das escolas de enfermagem de Coimbra e de Lisboa, e da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, foram as instituições que conseguiram preencher todas as suas vagas.

Por outro lado, os institutos politécnicos de Bragança e de Tomar preencheram menos de metade das vagas disponíveis.

Ciências empresariais, ciências sociais e do comportamento e saúde foram as áreas de estudo que mais alunos colocaram na 3.ª fase. Em termos percentuais agricultura e pescas é a área que menos interesse desperta entre os candidatos a um diploma, com menos de 40% das vagas preenchidas.

Os resultados da 3.ª fase do concurso nacional de acesso estão disponíveis para consulta no portal da DGES (http://www.dges.mctes.pt).

Os estudantes colocados devem realizar a matrícula no curso em que ficaram colocados entre hoje e dia 13 de outubro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.