PSP destrói mais de três mil armas


 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   10 de Mar de 2017, 14:38

A PSP destruiu na terça-feira mais de três mil armas de fogo e armas brancas dadas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, administrativos ou contraordenações.

 

Em comunicado, a direção da PSP adianta que foram destruídas 3.129 armas numa empresa especializada depois de terem sido apreendidas ou entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

As armas, entre as quais pistolas, revólveres, espingardas, punhais, navalhas, espadas, foram destruídas devido ao seu estado de degradação já que eram inúteis para atividade operacional, formativa, cultural ou museológica das forças de segurança.

Em 2016, a PSP realizou sete operações de destruição de armas, num total de cerca de 24 mil armas de fogo e armas brancas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.