Bolsa

PSI-20 encerra a ganhar 1,29% e consegue a maior subida europeia


 

Lusa / AO online   Economia   8 de Fev de 2010, 17:13

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI 20, encerrou esta segunda-feira com uma subida de 1,29 por cento para os 7.436,03 pontos, a recuperar parte das perdas da semana passada e a liderar os ganhos na Europa.
Dos 20 títulos que compõem o índice de referência, 17 encerraram a subir, dois a descer e um - a Cimpor - manteve-se inalterado, numa sessão em que foram movimentadas 95,6 milhões de acções, no valor global de 192,3 milhões de euros.

A bolsa portuguesa recuperou assim das quebras da semana passada, altura em que afundou 7,39 por cento, devido às turbulências no mercado da dívida.

Segunda-feira, o PSI 20 regressou aos ganhos. A liderar as subidas estiveram a Brisa, uma das acções mais penalizadas na semana passada, que subiu 5,79 por cento para 6,21 euros, e o BES, que avançou 1,98 por cento para 3,81 euros.

No restante sector financeiro, o BCP avançou 1,83 por cento para 0,72 euros e o BPI progrediu 1,04 por cento para 1,93 euros.

Na energia, a EDP Renováveis subiu 1,56 por cento para 5,85 euros, a EDP avançou 1,31 por cento para 2,70 euros, a Galp progrediu 0,55 por cento para 10,91 euros e a REN ganhou 0,53 por cento para 2,82 por cento.

Nas telecomunicações, a Sonaecom liderou as subidas ao avançar 1,38 por cento para 1,68 euros, seguida pelo peso pesado PT, que ganhou 0,16 por cento para 7,39 euros, no dia em que anunciou a compra da brasileira GPTI, uma operação que vai permitir à operadora passar a ser a quarta maior empresa de tecnologias de informação no Brasil.

A ZON contrariou o sentimento do sector e encerrou a perder 0,13 por cento para 3,84 euros.

As acções da Teixeira Duarte, um dos títulos mais penalizados na semana passada, fecharam a subir 1,94 por cento para 0,84 euros.

Nota também para acções da Cimpor, que encerram inalteradas nos 5,79 euros, próxima dos 5,75 euros oferecidos pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a cimenteira portuguesa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.