PSD quer livrar República de responsabilidades diz Vasco Cordeiro

Regional /
Vasco Cordeiro no encerramento da campanha para as Regionais 2012

2543 visualizações   

O candidato socialista à presidência do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, alertou esta noite para a necessidade de "defender a autonomia" nas eleições regionais de domingo, acusando o PSD de pretender "livrar o Governo da República das suas responsabilidades".
 

 

“A autonomia existe não para fazer o Governo da República fugir às suas responsabilidades, mas para assumir a responsabilidade de criar soluções para benefício dos açorianos”, afirmou Vasco Cordeiro no comício de encerramento da campanha eleitoral, perante milhares de pessoas que encheram o Pavilhão do Mar, em Ponta Delgada.

“É preciso defender a autonomia”, frisou, denunciando quem defende que “o dinheiro do próximo Quadro Comunitário de Apoio destinado aos Açores deve servir para pagar aeroportos que são responsabilidade do Governo da República”.

Vasco Cordeiro, referindo-se ao PSD/Açores, considerou que “quem assim pensa, não está preocupado em defender os Açores e a autonomia, mas em livrar o Governo da República do cumprimento das suas responsabilidades”.

No mesmo sentido, criticou os social-democratas por defenderem um pedido de resgate à República para o setor da saúde ou que seja a região a pagar subsídios ao transporte aéreo.

“É o mesmo partido que agora prefere pagar subsídios para viagens mais baratas do que subsídios de desemprego”, afirmou Vasco Cordeiro, numa referência a recentes declarações da sua adversária social-democrata, Berta Cabral.

Vasco Cordeiro defendeu que “votar PS é querer ganhar o futuro para os Açores”, assegurando que pretende formar um governo que “ajude os açorianos a realizar os seus sonhos e ambições”.

“O novo ciclo que os Açores precisam começa no domingo”, frisou, apelando ao voto dos açorianos, que considerou ser “indispensável” para assegurar o progresso e o desenvolvimento da região.

O candidato socialista frisou que a sua campanha foi “uma grande manifestação de amor pelos Açores” e elogiou o trabalho desenvolvido nos últimos 16 anos pelos executivos regionais socialistas presididos por Carlos César, assegurando que pretende “seguir o seu exemplo para continuar a manter bem alto o estandarte da autonomia”.

Numa simbólica passagem de testemunho, a bandeira dos Açores que Vasco Cordeiro empunha sempre no final dos seus comícios, foi-lhe esta noite entregue por Carlos César.

Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão