PSD preocupado com fecho de Consulado nas Bermudas


 

Paula Gouveia/AO online   Regional   21 de Dez de 2007, 17:28

Ontem ficou a saber-se que o funcionário do Ministério dos Negócios Estrangeiros destacado para o consulado das Bermudas só chega às ilhas no dia 26, impedindo que muitos emigrantes cumpram o desejo de passar o Natal em Portugal.
    Os deputados do PSD à Assembleia Regional, António Pedro Costa, e ao parlamento nacional, Joaquim Ponte e Mota Amaral, estão preocupados com os problemas resultantes do funcionamento “intermitente” do Consulado das Bermudas. Em requerimento enviado ao parlamento açoriano, António Pedro Costa afirma que o compromisso do presidente do Governo Regional, assumido em Março, de “colaborar na resolução definitiva do problema” não surtiu efeito prático até agora. E lembrou que, desde 2001, o PSD/A tem vindo a alertar para a situação. Questiona por isso o Executivo açoriano sobre que “colaboração” tem dado para resolver o problema. Os deputados ao parlamento nacional, por sua vez, enviaram requerimento à Assembleia da República a solicitar informações, como quanto dinheiro já poupou o Governo com o encerramento do Consulado; e que deslocações de funcionários organizou o Governo, em 2007, para assegurar o mínimo de serviços consulares imprescindíveis à comunidade. Mota Amaral e Joaquim Ponte pretendem ainda saber de que está à espera o Governo para nomear um cônsul honorário de Portugal na Bermuda.|
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.