PSD fala em "expedientes" na baixa de impostos

PSD fala em "expedientes" na baixa de impostos

 

Lusa/AO online   Regional   26 de Fev de 2015, 16:51

O líder do PSD/Açores voltou a considerar que o executivo açoriano usou "expedientes" para justificar a demora na baixa de impostos na região, enquanto o PS saudou a manutenção dos níveis de investimento público na solução anunciada.

"Esses expedientes que o Governo [dos Açores] encontra para tentar justificar que tem muita dificuldade em baixar os impostos, na minha opinião, são mais uma manobra de diversão, uma cortina de fumo", afirmou Duarte Freitas, em declarações aos jornalistas, após uma visita ao porto de Rabo de Peixe.

O Governo dos Açores revelou hoje que a baixa de impostos no arquipélago será compensada com uma redução de 8,5 milhões de euros nas despesas da administração regional e um financiamento adicional de 10 milhões.

Duarte Freitas disse não perceber a demora do Governo Regional em aplicar a diminuição dos impostos no arquipélago com o argumento de dificuldades financeiras e acrescentou que "em todas as obras que existem nos Açores existem milhões e milhões a mais".

O líder do maior partido da oposição nos Açores reiterou ainda que o executivo regional "nem foi rápido, nem teve a latitude necessária", ou seja, não repôs "o mesmo nível [de impostos] que estava antes das incidências do acordo da 'troika'".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.