PSD e PS com leituras diferentes dos números do desemprego na região


 

Lusa/AO online   Regional   4 de Fev de 2015, 13:36

O PSD/Açores sublinhou que o arquipélago acabou 2014 mantendo a maior taxa de desemprego do país, enquanto o PS regional destacou a "tendência de descida" dos números no ano passado na região.

 

Numa reação aos números de desempregados no último trimestre de 2014, publicados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o PSD açoriano, através de um comunicado dos TSD/Açores (Trabalhadores Social-democratas), manifestou “grande preocupação com a elevada taxa de desemprego” no arquipélago.

Os social-democratas sublinham que tanto no último trimestre de 2014 como na média dos 12 meses do ano passado, os Açores ostentam uma taxa de desemprego acima da média nacional e que é, também, a mais alta de todo o país.

"As políticas de emprego nos Açores continuam a ser ineficazes, deixando 19.015 açorianos sem rendimentos do trabalho. E, sobretudo, significam que o desempenho da economia regional está muito aquém da dinâmica verificada no plano nacional”, lê-se no comunicado dos TSD/Açores, que dizem que os números seriam ainda maiores se fossem contabilizadas as “cerca de cinco mil" pessoas que estão em programas ocupacionais temporários.

Já o PS/Açores, também em comunicado, "congratula-se pela consolidação da tendência de descida do desemprego" na região, realçando que "decorre em contraciclo com o que se verifica no panorama nacional", onde o desemprego subiu no último trimestre de 2014 em comparação com os três meses anteriores.

Os socialistas referem que a taxa de desemprego baixou no último trimestre do ano passado nos Açores tanto em comparação com os três meses anteriores como com o mesmo período de 2013.

"Em termos de emprego, o PS/Açores realça ainda que o último trimestre de 2014 registou o maior ritmo de crescimento do emprego desde o 4.º trimestre de 2008 (3,8%)", lê-se no comunicado, que considera que os números demonstram “claramente os frutos das políticas integradas de emprego que o Partido Socialista tem promovido, no exercício da governação da Região Autónoma dos Açores".

Segundo os dados revelados hoje pelo INE, a taxa de desemprego nos Açores no último trimestre de 2014 foi de 15,5%.

Este valor é mais alto do que o da média nacional de 13,5%, mas inferior ao registado nos Açores nos três meses anteriores (15,7%) e no mesmo período de 2013 (17,3%).

NO conjunto do ano de 2014, os Açores tiveram uma taxa de desemprego de 16,3%, também abaixo do número de 2013 (17%).

A nível nacional, a taxa de desemprego subiu 0,4 pontos percentuais no 4.º trimestre de 2014 face ao trimestre anterior, para 13,5%, mas a taxa média anual caiu 2,3 pontos percentuais no ano passado face a 2013, para 13,9%.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.