PSD critica "mais uma" remodelação governamental nos Açores

PSD critica "mais uma" remodelação governamental nos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   3 de Set de 2014, 12:07

O PSD criticou esta quarta-feira "mais uma" remodelação governamental nos Açores, sublinhando que depois de dois anos em funções, o executivo da região "está maior" e "tem mais secretários regionais, mais diretores regionais e mais assessores".

 

"Perante o crescimento dos problemas dos açorianos, o governo regional governa-se", afirmou o vice-presidente da bancada do PSD no parlamento dos Açores António Ventura, citado num comunicado do partido.

O deputado sublinhou que "o Governo Regional está a falhar com a sua promessa, feita antes das eleições, de que este seria um executivo mais pequeno, com uma máquina governativa mais pequena para ser mais eficiente".

"À medida que aumentam os problemas dos açorianos, como é o caso do desemprego, que os números do Rendimento Social de Inserção confirmam como um flagelo a nível nacional, há sempre lugar para mais um elemento no Governo Regional. Isso é típico de um partido que já está há tempo demais no poder, que tenta encontrar formas de se manter nesse poder, e quem tem de satisfazer toda a sua clientela", afirmou.

O Governo dos Açores anunciou na terça-feira a nomeação de cinco novos diretores regionais para as pastas da Ciência, Educação, Agricultura, Solidariedade Social e Saúde.

As novas nomeações surgem dois meses depois de uma remodelação governamental que, entre outras alterações, criou a Secretaria do Mar, Ciência e Tecnologia e mudou os secretários da Educação e da Solidariedade Social.

Esta nova secretaria integra a Direção Regional da Ciência e Tecnologia, que antes não existia. Foi ainda criada a Direção Regional da Agricultura, dentro da Secretaria da Agricultura e Ambiente.

Além dos nomes dos diretores regionais para estas duas pastas, foram conhecidos na terça-feira novos titulares para as direções da Saúde, Solidariedade Social e Educação.

"O PSD/Açores tem razão, afinal, a saúde, a solidariedade social e a agricultura são as áreas em que se substituíram diretores regionais ou secretários regionais, e também áreas em que aumentou o número de governantes. E são essas as áreas em que o governo tem vindo a falhar, conforme fomos denunciando", considerou António Ventura, citado no mesmo comunicado divulagdo hoje pelos social-democratas.

O XI Governo Regional dos Açores, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro, tomou posse em novembro de 2012.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.