PSD considera que voos da Delta deveriam ser repartidos entre São Miguel e Terceira

PSD considera que voos da Delta deveriam ser repartidos entre São Miguel e Terceira

 

Lusa/AO online   Regional   29 de Dez de 2017, 15:06

O PSD/Açores considerou hoje que os voos a operar a partir de maio pela Delta Airlines, que ligarão Nova Iorque a Ponta Delgada, deveriam ser repartidos entre esta cidade, na ilha de São Miguel, e a ilha Terceira.

"Embora a base das Lajes se localize na Terceira, os cinco voos semanais da Delta Airlines vão todos rumar a São Miguel, quando poderiam e deveriam ter sido repartidos", considera a deputada regional do PSD Mónica Seidi, numa nota enviada às redações pelos sociais-democratas açorianos.

Para o PSD/Açores, a ligação em exclusivo para Ponta Delgada acentuará o "incumprimento de promessas relativas à ilha Terceira, uma realidade que se tem confirmado a vários níveis, tanto por parte do Governo Regional como do Governo da República".

"O que vemos é uma contínua ausência de benefícios diretos das medidas com origem nos EUA e que estão a ser impulsionadas também no âmbito da anunciada revitalização económica da Terceira", advoga Mónica Seidi.

A Delta Airlines anunciou em setembro que vai começar a operar, a partir de 25 de maio, novas rotas para os Estados Unidos da América (EUA), a partir de Lisboa e dos Açores.

A rota sazonal entre os Açores e Nova Iorque será operada cinco vezes por semana, ligando a ilha de São Miguel a mais de 80 destinos em continuação.

Na ocasião, o presidente do Governo Regional dos Açores, o socialista Vasco Cordeiro, considerou a notícia "um dado positivo" e "uma prova sólida e consistente" da "atratividade crescente dos Açores enquanto destino turístico".

“É um dado positivo e, com a dimensão que esta operação tem no seu anúncio, é uma prova sólida e consistente da atratividade crescente dos Açores enquanto destino turístico”, afirmou na ocasião o chefe do executivo açoriano.

O PSD/Açores, pelo deputado António Vasco Viveiros, valorizou também a novidade, mas defendeu que "os benefícios" da diversificação nas ligações aéreas ao continente e ao estrangeiro deveriam "ser alargados a todas as ilhas através da melhoria da oferta da SATA Air Açores", que assegura as ligações entre as nove ilhas do arquipélago.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.