PSD arranca campanha de proximidade destacando a área social

PSD arranca campanha de proximidade destacando a área social

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Out de 2016, 19:34

O PSD nos Açores arrancou hoje oficialmente a campanha eleitoral na ilha São Miguel, destacando a área social, com o líder do partido e cabeça de lista pelo círculo de São Miguel a apostar na "proximidade".

“Aquilo que temos tentado fazer é uma campanha de proximidade. Sinto-me um açoriano de cada uma destas nossas pequenas ilhas, gosto imenso de lá estar com as pessoas”, afirmou Duarte Freitas, acrescentando que o que mais gosta na política é “poder contactar com as pessoas, falar, tocar, ser tocado pelos seus problemas e tentar, com elas, encontrar soluções”.

O candidato social democrata a presidente do Governo Regional escolheu São Roque, freguesia do concelho de Ponta Delgada liderada pelo PS, para iniciar a campanha eleitoral, visitando a residência abrigo “Vida Nova” do Centro Social e Paroquial, que acolhe 13 utentes, com idades entre os 21 e 59 anos.

Duarte Freitas destacou que o que existe em termos de instituições sociais no arquipélago “não é suficiente”, que nos Açores “a pobreza multiplica-se” e é necessário dar uma “resposta estrutural” a esta área, para a qual disse estar “muito sensível”.

“É uma obrigação civilizacional, uma obrigação da nossa autonomia, que nós encaramos com toda e profunda intenção e responsabilidade”, referiu o candidato, que quer trabalhar para que as “pessoas ao saírem destas instituições possam ter uma esperança, um futuro à sua frente”.

Questionado sobre uma sondagem hoje publicada no jornal local “Açoriano Oriental”, que dá 66,9% ao PS, 20,7% ao PSD e uma abstenção de 34,6%, o líder do PSD nos Açores considerou que as verdadeiras sondagens são aqueles que são feitas a falar com as pessoas.

“Eu vou guardar, naturalmente, esta primeira página deste jornal, como guardei alguns escritos deste jornal (…). Depois no dia das eleições vamos ver quem são as sondagens verdadeiras, se são as do povo, que nós estamos a ouvir, se são aquelas que nos querem impingir”, salientou Duarte Freitas.

Para Duarte Freitas, que disse ir em média quatro vezes por ano às nove ilhas dos Açores, o trabalho do PSD é para ganhar eleições a 16 de outubro e “no dia dos votos não há que ter medo, porque há esperança, tem de haver esperança”.

A comitiva social democrata percorreu algumas das ruas do centro da freguesias, tendo o candidato distribuído beijos e abraços aos populares que foi encontrando pelo caminho.

Na segunda-feira o líder do PSD e cabeça de lista pelo círculo de São Miguel estará a fazer campanha na mais pequena ilha dos Açores, o Corvo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.