Política

PSD acusa PS de "tentativa de instrumentalização da ALRA"

PSD acusa PS de "tentativa de instrumentalização da ALRA"

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Dez de 2010, 10:30

O PSD/Açores acusou esta segunda-feira o PS de “tentativa de instrumentalização” da Assembleia Legislativa Regional, defendendo que a convocação de uma conferência de líderes parlamentares sobre a remuneração compensatória apenas serve os interesses dos socialistas e do presidente do executivo.
“O Grupo Parlamentar do PSD entende que o pedido de reunião da conferência de líderes feito pelo PS é apenas uma tentativa de instrumentalização da Assembleia Regional, que visa servir os interesses do PS e os do presidente do governo regional”, afirmou António Marinho, líder parlamentar do PSD/Açores.

Em causa está a reunião da conferência de líderes parlamentares marcada para o final da manhã de hoje, a pedido do PS, para analisar a polémica relacionada com a remuneração compensatória para os funcionários públicos regionais que ganham entre 1500 e 2000 euros mensais.

Para o PSD/Açores, a conferência de líderes parlamentares “não tem qualquer competência” sobre a matéria da convocatória.

“Não existe qualquer fundamento legal, estatutário ou regimental que habilite a conferência de líderes a pronunciar-se sobre o objeto da convocatória”, frisou António Marinho, numa conferência de imprensa em Ponta Delgada, minutos antes da reunião dos líderes parlamentares açorianos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.