PSD acusa Governo de procurar pretexto "para abandonar o barco"


 

Lusa / AO online   Regional   4 de Fev de 2010, 16:40

O deputado do PSD Guilherme Silva insistiu esta quinta-feira que a dramatização do Governo em torno da Lei das Finanças Regionais foi “um pretexto para abandonar o barco”, acusando os socialistas de “radicalismo” e “falta de sentido de Estado”.
O deputado social-democrata eleito pela Madeira falava no final de uma reunião da comissão de Orçamento e Finanças em que os partidos da oposição aprovaram, em votação indiciária, várias alterações à Lei das Finanças Regionais, deixando o PS isolado.

Guilherme Silva afirmou que os pedidos do PS para adiar a discussão destas matérias e procurar consensos não passaram de um simulacro, mas lamentou que as propostas não tenham reunido a unanimidade, até porque isso, sustentou, devolveria a paz interna ao Partido Socialista.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.