PSD/Açores vai apoiar dois independentes no Pico

PSD/Açores vai apoiar dois independentes no Pico

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   24 de Mar de 2017, 11:20

O PSD vai apoiar a recandidatura do atual presidente na Câmara da Madalena, na ilha do Pico, Açores, e de dois independentes aos municípios de São Roque do Pico e Lajes nas próximas eleições autárquicas.

 

Segundo uma nota de imprensa do PSD/Açores, o partido vai apoiar os independentes, Francisco Bettencourt e Miguel Machado, para as câmaras de São Roque do Pico e Lajes, respetivamente.

Segundo o comunicado, a Comissão Política de Ilha do Pico subscreveu desta forma as propostas das três comissões políticas da ilha.

Francisco Bettencourt, independente, de 48 anos, é gestor, Miguel Machado, também independente, é arquiteto e tem 39 anos, enquanto o técnico comercial José António Soares tem 54 anos.

Os social-democratas consideram que as candidaturas apoiadas pelo PSD às câmaras municipais da ilha do Pico “constituem um sinal de vitalidade” e a abertura das estruturas do partido à sociedade, revelando a “disponibilidade dos candidatos para trabalhar em prol da melhoria das condições de vida das populações” dos três concelhos da ilha.

“Os candidatos às câmaras municipais apoiados pelo PSD são pessoas com provas dadas e que estão preparadas para defender os interesses das terras onde nasceram. O PSD sempre foi um partido com forte presença no poder local na ilha do Pico e com os candidatos que apoiamos pretendemos reforçar essa implantação”, refere a nota do partido.

Para o PSD, os candidatos nos concelhos de São Roque do Pico, Lajes do Pico e Madalena “estão motivados para alcançar um bom resultado” nas próximas eleições e “determinados a melhorar a vida das populações da ilha”.

Na sequência das últimas eleições autárquicas, realizadas em 2013, o PS detém as câmaras municipais das Lajes e São Roque do Pico, sendo a Madalena assegurada pelo PSD.

Em 2013, os socialistas venceram as eleições autárquicas nos Açores com 46,8 % dos votos expressos, contra 31,2% do PSD, segunda força política mais votada. O CDS-PP surgiu na terceira posição com 6.3%.

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou quinta-feira que o partido vai disputar as próximas eleições autárquicas "para ganhar" e manifestou a convicção de que esse resultado também é possível em Lisboa.

"Partimos para estas eleições como quem está a disputar as eleições para as ganhar, não alterámos o nosso objetivo", assegurou Passos Coelho na intervenção inicial no Conselho Nacional.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.