PSD/Açores quer aumentar em 10% complemento regional de pensão

PSD/Açores quer aumentar em 10% complemento regional de pensão

 

Lusa/AO Online   Regional   8 de Mar de 2017, 06:33

O líder do PSD/Açores anunciou hoje que vai avançar no parlamento com uma proposta de aumento de 10% do complemento regional de pensão que abrangerá cerca de 35 mil pessoas e representará 2,5 milhões de euros.

“Uma das nossas prioridades prende-se com as dificuldades sociais que sentimos na nossa região, em particular com os mais idosos, que já deram muito à nossa sociedade. Nesse sentido, a nossa proposta, que aqui hoje viemos conferir com a União das Misericórdias dos Açores, é de aumento do complemento regional de pensão em 10%”, declarou Duarte Freitas.

Todos os pensionistas dos Açores que auferem um valor inferior ao salário mínimo recebem 54 euros de complemento regional de pensão.

Atualmente, na Região Autónoma dos Açores 35 mil idosos beneficiam do complemento regional de pensão, sendo que a verba anual despendida é na ordem dos 25 milhões de euros.

O dirigente, que falava aos jornalistas no final de um encontro com a União Regional das Misericórdias dos Açores, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, referiu que o partido “não tem a ilusão de que vai mudar a governação dos Açores com a discussão orçamental”, mas tem a “convicção de que as nossas propostas podem melhorar a vida de milhares de açorianos”.

Duarte Freitas afirmou que esta é uma “forma prioritária” de “fazer justiça” aos idosos que deram o seu contributo social e aos que são confrontados com fragilidades.

O líder do PSD/Açores afirmou que o partido, como força alternativa com “outras escolhas e rumos” para os Açores, não está “de acordo com os documentos orçamentais apresentados” pelo Governo dos Açores para o ano de 2017.

O Plano e Orçamento do Governo dos Açores vão ser apreciados e votados na Assembleia Legislativa ainda este mês.

“Estamos convictos que esta é uma boa proposta para os açorianos e estamos expetantes que venha a ser aprovada porque vamos melhorar a vida de muitas pessoas”, frisou o líder dos social-democratas.

Na anterior legislatura, o complemento teve um aumento de 10%, sendo que o líder do PS e atual presidente do executivo dos Açores referiu durante a campanha eleitoral para as legislativas regionais de outubro de 2016 que nos próximos quatro anos será “igual ou superior ao que foi feito” na anterior.

A proposta de programa de Governo do PS/Açores já previa o reforço do complemento açoriano do abono de família, do complemento regional de pensão e do complemento para a aquisição de medicamentos pelos idosos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.