PSD/Açores disponível para analisar eventuais coligações para autárquicas

PSD/Açores disponível para analisar eventuais coligações para autárquicas

 

LUSA/AOnline   Regional   20 de Jan de 2017, 20:16

O presidente do PSD/Açores, Duarte Freitas, afirmou hoje que o partido está disponível para analisar eventuais coligações nas eleições autárquicas deste ano, bem como a integração de independentes nas listas.

“O PSD/Açores está disponível para analisar, caso a caso, as propostas dos órgãos locais do partido de potenciais coligações, bem como a integração de independentes”, afirmou Duarte Freitas,

Na abertura do XXII Congresso Regional do partido, em Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, o social-democrata declarou que “o primeiro e último objetivo é sempre servir os interesses dos açorianos” em cada uma das suas terras.

Ainda sobre as autárquicas, Duarte Freitas destacou que “o grande objetivo é vencer o maior número de juntas de freguesia, câmaras e assembleias municipais”.

“Como poder mais próximo dos cidadãos, os órgãos autárquicos devem espelhar os anseios das populações de cada freguesia e de cada município”, adiantou, considerando que o próximo sufrágio nacional é uma “boa oportunidade” para o PSD/Açores abrir as portas do partido “a todos aqueles que queiram dar o seu contributo”.

Para Duarte Freitas, o partido tem “aqui e agora uma oportunidade par juntar forças, unir vontades, para acrescer projetos e servir” os Açores.

Já o secretário-geral do PSD, José Matos Rosa, disse que com Duarte Freitas o PSD/Açores será capaz de apresentar os melhores candidatos às autarquias.

“Porque o nosso partido é feito de pessoas muito dedicadas e porque temos hoje uma nova geração de autarcas preparados e competentes para enfrentar os novos desafios do poder local,” declarou, considerando o PSD como o partido “com maior tradição autárquica em Portugal”.

Segundo o dirigente social-democrata, “o PSD é o maior partido do poder local” porque é aquele que sempre esteve mais perto dos portugueses, “no terreno, a ouvir as suas preocupações, mas também as suas ambições”.

“Sim, aqui nos Açores, o PSD também quer ganhar”, declarou José Matos Rosa, desafiando os presentes a responder à pergunta: “Queremos ganhar, mas para quê?”.

Referindo que é com “muito trabalho e esforço” que o PSD está a inaugurar esta corrida às próximas autárquicas, José Matos Rosa adiantou que se se souber responder àquela pergunta, “uma parte muito significativa do caminho estará feito”.

“Sei que o presidente do PSD/Açores é capaz de personificar estes valores do trabalho e do esforço. Foi o que fez durante a mais recente campanha eleitoral. Que lhe sejam dados os meios e o apoio para seguir em frente”, acrescentou José Matos Rosa.

Dos 19 concelhos da Região Autónoma dos Açores, o PSD governa as câmaras de Ponta Delgada e Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, da Madalena (Pico) e Vila do Porto (Santa Maria).

O congresso do PSD/Açores termina no domingo, com a presença do líder nacional dos social-democratas, Pedro Passos Coelho.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.