PSD/Açores acusa Vasco Cordeiro de não querer reduzir impostos


 

AO/Lusa   Regional   11 de Fev de 2017, 13:00

O PSD/Açores acusou o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, de não querer baixar os impostos nos Açores, ao manifestar-se contra a redução do IVA proposta pelos sociais-democratas.

 

Em comunicado enviado às redações, a Comissão Política Regional do PSD critica as declarações feitas pelo chefe do executivo socialista, sobre esta matéria, numa entrevista emitida na quinta-feira pela RTP/Açores, a propósito da passagem dos primeiros cem dias de governação no arquipélago.

"Vasco Cordeiro, que tanto criticou o aumento da carga fiscal imposto pela "troika", deu agora o dito por não dito", apontam os sociais-democratas, recordando que "há quatro anos, o presidente do Governo Regional disse que não era necessário aumentar o IVA, porque a Região tinha finanças públicas saudáveis", mas agora diz que os impostos "não podem baixar, para manter as finanças públicas saudáveis".

Para o PSD/Açores, a redução do IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado), de 18% para 16% na região, "é compatível" com umas finanças públicas saudáveis, além de permitir "aumentar o poder de compra e a capacidade de poupança das famílias açorianas".

"O que é incompatível, é querer fazer crescer a economia de forma sustentável mantendo a mais elevada carga fiscal sobre o consumo", pode ler-se no comunicado do PSD, que exorta Vasco Cordeiro a decidir entre "ajudar as famílias e as empresas" ou "manter o IVA mais alto da história" dos Açores.

Para os sociais-democratas açorianos, a entrevista de Vasco Cordeiro à RTP/Açores "mostrou", "infelizmente", de que lado está o Governo: "O presidente prefere encher os cofres do Governo Regional, gerando mais despesismo".

"Acreditamos que um euro nos bolsos das famílias e das empresas gera mais riqueza do que um euro nas mãos do Governo Regional", insiste a Comissão Política Regional do PSD.

Apesar de tudo, o grupo parlamentar social-democrata na Assembleia Legislativa dos Açores mantém agendada para a próxima semana, em plenário, a discussão de uma proposta concreta de redução do IVA nos Açores, cuja aprovação depende, no entanto, do voto da maioria socialista.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.