Política

PS defende atribuição de publicidade institucional pelo executivo

PS defende atribuição de publicidade institucional pelo executivo

 

Hélder Blayer   Regional   6 de Jul de 2010, 18:46

O grupo parlamentar do PS justificou esta terça-feira em conferência de imprensa o motivo por que o "Açores 9" recebe bastante mais publicidade institucional do que qualquer outra publicação.
De acordo com o deputado do PS, José San-Bento, o "Açores 9" "tem uma tiragem de 50 mil exemplares, tem uma circulação de 3,8 a 4, tem um período de vida muito superior a um diário também por via da sua periodicidade." e acrescenta que fica de consciência tranquila "porque isso é absolutamente claro, é objectivo e como tal acho que é um esclarecimento válido".

José San-Bento reforça a ideia dizendo que o PSD não quer compreender os argumentos do PS. "O Governo Regional dos Açores foi o primeiro a levantar este debate, ao responder, preto no branco, ao requerimento da oposição sobre os valores atribuídos. O PS/Açores exorta outros órgãos de poder a ter o mesmo comportamento de transparência e, sim, de respeito pela Democracia. Também nesta matéria, o PSD/Açores não conta toda a verdade. E toda a verdade implica dizer que foi o Grupo Parlamentar do PS/Açores que viabilizou, recentemente, uma proposta da oposição sobre a publicitação dos gastos em publicidade institucional. A Democracia nunca se faz de meias verdades. Alegar riscos para a democracia devido à forma como o Governo dos Açores gere a publicidade institucional é um bom exemplo do grau de alucinação colectiva a que chegou este PSD.", disse o deputado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.