PS aprova candidatura de Fernando Sousa à Câmara da Ribeira Grande

PS aprova candidatura de Fernando Sousa à Câmara da Ribeira Grande

 

AO/Lusa   Regional   12 de Mar de 2017, 18:06

O PS aprovou hoje a candidatura do diretor regional do Desenvolvimento Rural, Fernando Sousa, à Câmara da Ribeira Grande, nos Açores, disse à agência Lusa o secretário-coordenador da Comissão de Ilha de São Miguel, Francisco César.

 

Após a reunião da Comissão de Ilha de São Miguel, que decorreu em Ponta Delgada e onde esteve o líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, Francisco César adiantou que foram também aprovadas as recandidaturas de Carlos Mendonça ao município do Nordeste e de Ricardo Rodrigues à Câmara de Vila Franca do Campo nas eleições autárquicas deste ano.

A atual presidente da Câmara da Lagoa, Cristina Decq Mota, que assumiu o cargo a 01 de abril de 2015, vai ser a cabeça de lista a esta autarquia e Pedro Melo, que passou a liderar a Povoação a 01 de janeiro de 2016, também é o candidato a este município, referiu o secretário-coordenador.

O secretário regional dos Transportes e Obras Públicas, Vítor Fraga, foi o nome escolhido para cabeça de lista à Câmara de Ponta Delgada, a maior do arquipélago, candidatura que já tinha sido objeto de aprovação pelos militantes socialistas do concelho a semana passada.

“Os representantes de todas as estruturas do Partido Socialista votaram, sem qualquer voto contra, com 93% de votos a favor, os nomes dos candidatos”, declarou Francisco César, informando que foi também aprovada “a delegação no PS de São Miguel da condução de todo o processo eleitoral, nomeadamente de articulação com os candidatos da estratégia eleitoral, da preparação de todas as listas e, sobretudo, da preparação dos programas eleitorais”.

O PS governa quatro dos seis municípios da ilha de São Miguel. Ribeira Grande e Ponta Delgada são liderados pelo PSD.

Francisco César frisou que “o objetivo do PS em qualquer eleição em que participa é de ganhar”.

“O objetivo é ganhar mais, mais significa mais juntas de freguesa, mais significa os dois municípios que estão, ainda, por eleger presidentes do Partido Socialista”, declarou, justificando, por isso, a escolha de candidatos “com bons projetos, com boas ideias” para tirar “essas duas câmaras municipais do marasmo em que estão instaladas”.

Para o secretário-coordenador, são precisos “municípios mais fortes, mais bem preparados para os desafios que aí vêm, desde a criação de emprego, atração de fluxos turísticos e servir bem as suas populações”.

Nesse sentido, a aposta do PS é em candidatos que “poderão dar um acréscimo de qualidade e de governação à ilha de São Miguel”, acrescentou Francisco César, esclarecendo que, neste processo, falta apenas a ratificação da parte da Comissão Política Regional do PS/Açores dos nomes indicados pela Comissão de Ilha de São Miguel.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.