PS/Açores diz que Região está a assistir a retoma da construção civil

PS/Açores diz que Região está a assistir a retoma da construção civil

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Nov de 2015, 17:32

O líder do grupo parlamentar do PS/Açores considerou que existem indicadores que permitem afirmar que se aproximam "bons tempos" no setor da construção civil nos Açores e que se poderá mesmo falar em retoma.

 “No âmbito do setor da construção civil, nós temos indicadores hoje que nos permitem dizer que se aproximam bons tempos. É possível falar já numa retoma na construção civil, quer no setor privado, quer no setor público”, afirmou Berto Messias.

As declarações foram feitas depois de um grupo de deputados socialistas ter reunido hoje, em Ponta Delgada, com a direção da Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas Dos Açores (AICOPA), no âmbito da auscultação dos parceiros sociais sobre o Plano e Orçamento de 2016, que vai ser apreciado no parlamento dos Açores, na Horta, ilha do Faial, de 24 a 26 de novembro.

Berto Messias referiu que se tem registado um aumento da venda do cimento, bem como do licenciamento de habitações, a par de um crescimento “significativo” de concursos públicos e ajustes diretos, de acordo com o que foi revelado pela AICOPA.

No projeto de desenvolvimento que o Governo Regional tem para a região, o líder do grupo parlamentar do PS/Açores declarou que o setor da construção civil “terá um peso relevante”.

“Quem defende que o Plano e Orçamento de 2016 deve ser um contributo relevante para dinamizar a economia regional, promover mais e melhor emprego e para, assim, acautelar um maior rendimento das famílias e uma maior atividade das nossas empresas, terá, naturalmente, que apoiar este documento”, declarou o líder da bancada socialista.

A direção da AICOPA transmitiu, por seu turno, ao grupo parlamentar do PS/Açores a necessidade de se “implementar bem” a Carta Regional das Obras Públicas, de “continuar a privilegiar” os empresários regionais, bem como o uso de materiais endógenos do arquipélago.

A Carta Regional das Obras Públicas é um instrumento de planeamento e gestão para as empresas ligadas ao setor, que visa facultar informação para que o tecido empresarial possa elaborar os seus planos, para concorrer às empreitadas que o Governo dos Açores lança.

Berto Messias adiantou que a associação de industriais da construção civil considerou que o Plano e Orçamento de 2016 do executivo açoriano “é um bom contributo” para o desenvolvimento dos Açores, também no que toca ao setor.

Com base nas reuniões que o grupo parlamentar socialista já realizou, Berto Messias considera que existe uma “convergência de interesses e de esforços” entre os parceiros sociais e o Governo dos Açores e o PS para vencer os desafios que se colocam no futuro.

“Julgo que é possível dizer que os parceiros sociais estão claramente ao lado do Governo dos Açores para tentar desenvolver mais e melhor a nossa região”, declarou Berto Messias.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.