PS/Açores acusa PSD de "criar alarmismo" sobre o Hospital da Horta

PS/Açores acusa PSD de "criar alarmismo" sobre o Hospital da Horta

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   12 de Abr de 2017, 12:41

O grupo parlamentar do PS na Assembleia Legislativa dos Açores acusa os deputados do PSD de criarem "alarmismo" juntos dos faialenses, por causa dos cuidados de saúde prestados pelo Hospital da Horta.

 Em resposta às críticas feitas terça-feira em conferência de imprensa pelos parlamentares sociais-democratas, que exigiram a demissão do Conselho de Administração do Hospital da Horta, os deputados do PS vêm agora, em comunicado, acusar o PSD de estar a fazer "campanha" com "casos particulares".

"Os deputados do PSD/Açores vêm, mais uma vez, fazer campanha às custas de uma situação particular e complexa e tentar criar alarmismo juntos dos faialenses, numa área tão sensível como a da saúde", refere o comunicado, assinado pela deputada Isabel Correia, eleita pela ilha do Faial.

A deputada socialista reconhece que "é preciso melhorar e aperfeiçoar" os serviços prestados pelo Hospital da Horta (um dos três hospitais existentes no arquipélago), mas lembra que, ao contrário do que foi denunciado pelo PSD, o número de médicos especialistas aumentou de 29 em 2013 para 38 em 2017.

"Ao contrário do que fazem crer os deputados da oposição, a evolução que o Hospital da Horta tem registado nos últimos anos, resulta não apenas do investimento feito em novas instalações, no aumento de especialidades e no número de médicos, mas também do esforço e dedicação de todos os profissionais", insiste Isabel Correia.

Na sua opinião, "denegrir os profissionais e desmerecer as instituições", como fizeram os deputados sociais-democratas, não é a forma de se resolverem os problemas, "a não ser que a verdadeira intenção seja a do aproveitamento político".

A deputada socialista critica também a "política derrotista" do PSD/Açores e condena aquilo que considera serem "atitudes demagógicas" por parte dos deputados sociais-democratas, que no seu entender parecem estar já em ritmo de campanha pré-eleitoral.

Recorde-se que os deputados do PSD à Assembleia Legislativa dos Açores exigiram na terça-feira a demissão do Conselho de Administração do Hospital da Horta, que acusam de "intromissão" nas decisões médicas e de "complicar a vida" aos pacientes.

Em causa estão várias denúncias vindas a público, nas últimas semanas, sobre a demora na realização de exames médicos e ausência prolongada de médicos especialistas, que têm gerado insatisfação por parte dos utentes daquela unidade de saúde e também dos próprios profissionais.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.