Protocolo entre Portugal e Espanha para supercomputador assinado na sexta-feira

Protocolo entre Portugal e Espanha para supercomputador assinado na sexta-feira

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Jan de 2018, 17:33

A Universidade do Minho, onde irá funcionar em Portugal o primeiro supercomputador, assina na sexta-feira, em Barcelona, um protocolo de colaboração com o espanhol Centro Nacional de Supercomputação, que alberga um dos maiores supercomputadores do mundo.

O anúncio foi feito hoje em comunicado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior.

A assinatura será feita na presença do ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, Manuel Heitor, e da secretária de Estado espanhola para a Investigação, o Desenvolvimento e a Inovação, Carmen Vela.

Além da Universidade do Minho e do Centro Nacional de Supercomputação - Barcelona Supercomputing Center, assina também o acordo de cooperação a Fundação para a Ciência e Tecnologia, entidade na dependência do governo português à qual a universidade norte-americana do Texas cedeu parte da infraestrutura computacional, que irá ser instalada ainda no primeiro trimestre de 2018 na Universidade do Minho, de acordo com o comunicado do ministério.

O computador, com grande capacidade de processamento de dados e memória, permitirá "desenvolver novas áreas de computação em Portugal" e terá aplicações em diversas áreas, como a bioinformática, o clima, a segurança marítima, as pescas, a mobilidade nas cidades ou a gestão de risco de incêndio nas florestas.

O supercomputador fará parte do futuro centro de computação avançada da Universidade do Minho (Minho Advanced Computing Center) e servirá o futuro Centro de Investigação Internacional sobre o Atlântico nos Açores (AIR Center), uma rede que envolve vários países em áreas como o processamento de dados, clima, espaço ou oceanos.

O Centro Nacional de Supercomputação - Barcelona Supercomputing Center é uma unidade de investigação pública espanhola localizada em Barcelona, que tem o supercomputador MareNostrum, um dos mais potentes da Europa e um dos com maior capacidade do mundo.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.