Proteção Civil registou 352 ocorrências devido ao mau tempo

Proteção Civil registou 352 ocorrências devido ao mau tempo

 

AO/Lusa   Nacional   10 de Jan de 2016, 12:12

A Proteção Civil registou, entre as 00:00 e as 12:30 de hoje, 352 ocorrências devido à chuva e vento fortes, sobretudo na zona litoral norte e em particular no distrito do Porto, a maioria relacionada com cheias e inundações.

 

Às 07:30 a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) tinha o registo de 109 ocorrências, sendo que, só nas últimas cinco horas, verificaram-se mais 243 ocorrências devido ao mau tempo.

Em declarações à agência Lusa, o adjunto de operações da ANPC Marco Martins explicou que, até às 12:30, houve 215 situações de cheias e inundações, 56 quedas de árvores, 24 deslizamentos de terras, 14 registos de quedas de estruturas e 42 ocorrências de limpeza de vias.

O Porto é o distrito com o maior número de ocorrências (110), uma das quais prende-se com o facto de o Rio Leça ter transbordado e provocado a inundação de uma habitação, na Maia, sendo que no mesmo concelho ocorreu o aluimento de terras na A41, o que obrigou ao corte da vida.

Nos distritos do Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro e Leiria mantêm-se várias estradas cortadas à circulação.

Depois do Porto, Viseu (65), Coimbra (50) e Aveiro (38) são os distritos com o maior número de ocorrências registadas pela Proteção Civil.

Segundo o adjunto de operações nacional da ANPC, a situação meteorológica vai agravar-se nas próximas horas, principalmente ao final do dia, nos distritos a norte do Cabo Carvoeiro, nos quais “podem ocorrer fenómenos extremos” devido à chuva e ventos fortes.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.