Proteção Civil reforça dispositivo na ilha de S. Miguel

Proteção Civil reforça dispositivo na ilha de S. Miguel

 

Lusa/AO online   Regional   19 de Ago de 2012, 23:16

A Proteção Civil dos Açores reforçou o dispositivo na ilha de S. Miguel, sobretudo na parte leste, devido à probabilidade de o furacão Gordon atingir uma parte substancial da ilha.

Num “briefing” com o presidente do governo regional dos Açores, Carlos César, o responsável pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros alertou que se tornou mais real nas últimas horas a possibilidade de a ilha de S. Miguel ser atingida em maior escala, o que obriga a reforçar das medidas previstas.

De acordo com Pedro Carvalho, as maiores preocupações são as freguesias da Ribeira Quente e das Furnas, na costa sul, e da Lomba da Maia, na costa norte.

O responsável pela Proteção Civil dos Açores acrescentou que o pico da atividade do furacão na ilha de Santa Maria ocorrerá cerca das 03:00 locais de segunda-feira (04:00 em Lisboa) e em S. Miguel às 06:00 locais.

“Estamos a fazer tudo o que podemos para reagir. Agora vamos esperar pelo furacão”, referiu ainda Pedro Carvalho.

O aumento da intensidade do vento e a queda das primeiras chuvas nas ilhas de Santa Maria e de S. Miguel são os primeiros sinais da aproximação do furacão Gordon aos Açores.

O Gordon, que deverá passar durante a madrugada de segunda-feira entre as ilhas de S. Miguel e Santa Maria, será acompanhado por chuva intensa, vento muito forte e grande agitação marítima.

Durante a passagem do furacão, a Proteção Civil aconselha a população a manter a calma e seguir as instruções transmitidas pela comunicação social.

A não ser numa situação de absoluta necessidade, as pessoas não devem sair, e no caso de se encontrarem fora de casa, devem procurar abrigo imediatamente.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.