EUA

Prostituição masculina legalizada num condado do estado de Nevada


 

Lusa/AO Online   Internacional   6 de Jan de 2010, 18:49

As autoridades do condado de Nye, no estado norte-americano de Nevada, legalizaram a prostituição masculina, uma decisão sem precedentes, noticiou hoje a imprensa local.

"É a primeira vez na história do mundo que passa a ser permitido aos homens venderem sexo", afirmou George Flint, representante da Associação de Bordeis de Nevada, o estado norte-americano famoso pela capital do jogo, Las Vegas.

A decisão foi tomada pela entidade local responsável pelo licenciamento de estabelecimentos e comercialização de álcool, segundo noticiou o diário Los Angeles Times.

O jornal referiu que a entidade avaliou o pedido de um pequeno estabelecimento, situado numa zona remota do estado, que pretendia aumentar os serviços e atrair mais clientes.

A proprietária do local, onde trabalham cinco mulheres, argumentou no pedido que era altura de oferecer este tipo de serviços.

"É o que pensam muitas mulheres que têm vindo a demonstrar esta opinião desde o início do processo", referiu a proprietária Bobbie Davis.

Para exercer a profissão, os homens terão de se submeter a consultas médicas semanais para controlar o possível contágio de doenças transmitidas por via sexual, segundo as exigências das autoridades sanitárias locais.

O Nevada é o único estado norte-americano em que a prostituição feminina já era legal, desde 1971, com a condição de não ser exercida nas ruas e nas principais cidades do estado, Las Vegas e Reno.

A lei da década de 70 só é aplicada nos pequenos condados do estado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.