Projeto Família do Lado promove encontro de culturas num almoço de famílias

Projeto Família do Lado promove encontro de culturas num almoço de famílias

 

LUSA / Ao online   Regional   24 de Set de 2012, 10:34

O projeto internacional Família do Lado, lançado em 2004 para promover o encontro de culturas, decorre este ano pela primeira vez em Portugal, sendo os Açores uma das regiões onde famílias locais e imigrantes se vão encontrar num almoço.

Neste projeto, cada família local acolhe em sua casa uma família imigrante que não conheça, num almoço típico da sua cultura, que decorre a 18 de novembro em simultâneo em sete países europeus (República Checa, Itália, Espanha, Hungria, Malta, Eslovénia e Portugal).

"O projeto, criado na República Checa, vai ser desenvolvido este ano pela primeira vez em Portugal, tendo-se o Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII) de Ponta Delgada associado a esta iniciativa", afirmou Leoter Viegas, coordenador da instituição, em declarações à agência Lusa.

Leoter Viegas salientou que se trata de uma iniciativa que visa "a interação entre imigrantes e autóctones", destacando a "importância do reforço das relações sociais, do conhecimento mútuo, da diversidade cultural e da integração" das comunidades.

"A família que acolhe é que tem a seu cargo a ementa do almoço", que pode ter pratos típicos do país da família imigrante ou iguarias regionais, salientou Leoter Viegas, acrescentando que as famílias, que serão acompanhadas por assistentes, "não se devem conhecer previamente".

"Estamos a apresentar duas famílias que não se conhecem e a fomentar uma amizade prolongada, a arranjar formas de uma melhor integração da comunidade imigrante que reside em Portugal", frisou, salientando que as inscrições para as famílias e para os voluntários, que vão ser assistentes e "servir de elo de ligação entre as famílias", estão abertas até 16 de novembro.

Leoter Viegas salientou que serão realizadas reuniões prévias com as famílias que se inscreverem para analisar as características de cada uma, o que permitirá criar "os melhores pares possíveis".

O coordenador do CLAII de Ponta Delgada manifestou grande expectativa na adesão a esta iniciativa, recordando que vivem nos Açores imigrantes de "mais de 80 nacionalidades".

Leoter Viegas considerou que a integração dos imigrantes nos Açores "tem vindo a melhorar muito", salientando que o principal problema reside agora na falta de emprego e no acesso aos apoios sociais.

O projeto Família do Lado é desenvolvido em Portugal pelo Alto Comissariado da Emigração e Diálogo Intercultural (ACIDI), com o apoio do Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros (FEINPT), em parceria com a Rede de Centros Locais de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.