Programa para Inclusão e Vida Saudável beneficiou 64 mil crianças e jovens

Programa para Inclusão e Vida Saudável beneficiou 64 mil crianças e jovens

 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Set de 2014, 13:29

A organização não-governamental Mundo a Sorrir, dedicada à saúde oral, fez esta quinta-feira um balanço da sua participação no Programa para a Inclusão e Vida Saudável (PIVS), referindo ter já beneficiado mais de 64 mil crianças e jovens portugueses.

 

O programa, que pretende promover hábitos de vida saudáveis, está a ser implementado por vários parceiros, sendo a Mundo a Sorrir (MAS) responsável pela área da saúde oral e alimentação saudável. O PIVS teve início em janeiro de 2014, conta com o cofinanciamento pelo Fundo Social Europeu e é dirigido essencialmente a crianças e jovens.

A associação criada no Porto explica que a promoção de hábitos de vida saudáveis é fomentada através de três vertentes: saúde oral e alimentação saudável (a cargo da MAS), prevenção da diabetes (APDP - Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal) e ética no desporto (ILIDH - Instituto Luso-Ilírio para o Desenvolvimento Humano).

Ao longo dos primeiros oito meses de 2014, a Mundo a Sorrir já realizou “125 campanhas de sensibilização para a promoção da saúde oral e de uma alimentação saudável”.

No âmbito deste projeto, a Mundo a Sorrir refere em comunicado que tem vindo a desenvolver várias iniciativas, com o intuito de fazer chegar à população informação sobre a saúde oral, benefícios de uma alimentação saudável, conceitos básicos sobre cárie dentária e patologias associadas e ainda regras básicas sobre escovagem dentária e higienização da cavidade oral.

Estas ações envolvem rastreios, jogos didáticos, palestras para crianças e pais, escovagem acompanhada e oferta de lanches saudáveis, escovas e pastas dentárias. O PIVS começou a ser implementado em janeiro de 2014 e abrangeu, até agosto, mais de 64 mil crianças e jovens. Até dezembro, a MAS espera alcançar os 70 mil.

Os resultados da participação da Mundo a Sorrir no PIVS serão apresentados, a 24 de setembro, no Fórum “Cidadania para a Promoção da Saúde” que se realiza no novo Auditório da Assembleia da República.

A Mundo a Sorrir (MAS), primeira ONG portuguesa dedicada à saúde oral, nasceu em 2005, no Porto, com a missão de tornar a saúde e a saúde oral num direito universal e acessível a todos.

A organização começou com 12 voluntários, mas atualmente integra mais de 610 (entre médicos, médicos dentistas, higienistas orais e nutricionistas) e “devolveu diretamente o sorriso a cerca de 163 mil pessoas, 50.000 dos quais a nível internacional (Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde)”.

A MAS pretende fazer chegar informação e cuidados básicos na área da saúde oral e estilos de vida saudáveis a comunidades excluídas ou marginalidades, sejam elas crianças, jovens, adultos ou mesmo idosos. Entre rastreios, formações, atividades lúdicas e consultas médico-dentárias, esta ONG desenvolve ainda ações direcionadas para pais, profissionais das escolas e de centros de saúde, grávidas e populações com deficiência, trabalhado nas comunidades e em parceria com as autarquias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.