Açores/Eleições

Programa do PS defende aposta em novas áreas de desenvolvimento económico

Programa do PS defende aposta em novas áreas de desenvolvimento económico

 

Lusa/AO Online   Regional   28 de Set de 2016, 06:10

A proposta de programa de Governo do PS/Açores tem como principais prioridades a criação de emprego, o combate ao insucesso escolar, o reforço de apoios sociais e o desenvolvimento económico, com a aposta na inovação.

 

“O crescimento da nossa economia, para além dos três principais setores alicerce (agropecuária, pescas e turismo) deve procurar na inovação e no conhecimento novas áreas para o seu fortalecimento”, frisou o líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, na apresentação da proposta de programa de Governo, terça-feira à noite, em Angra do Heroísmo.

Segundo Vasco Cordeiro, atual presidente do Governo Regional, que se recandidata nas próximas eleições regionais como cabeça de lista pelo círculo eleitoral da ilha de São Miguel, a Universidade dos Açores desempenha um papel “fundamental” no desenvolvimento de novas áreas.

“O conhecimento sobre o mar, a afirmação crescente no âmbito de áreas como a climatologia ou o desenvolvimento espacial constituem exemplos de como podemos, a partir da nossa região, desenvolver novas áreas de prestação de serviços e de valorização de produtos ancoradas no conhecimento científico e na inovação”, salientou.

No âmbito da promoção da criação de emprego e do combate à precariedade, os socialistas propõem, por exemplo, programas de qualificação profissional e de apoio à conversão de contratos a termo em contratos sem termo.

A educação foi apontada também como uma “prioridade estratégica” para o líder do PS/Açores, que quer consolidar e aperfeiçoar o programa Pro-Sucesso, adotando um “combate sem tréguas à retenção, mas sem cedências a qualquer tipo de facilitismo ou de sucesso estatístico”.

Na agricultura, Vasco Cordeiro destacou a criação de um programa de reforço de exportações de produtos agroalimentares e de um plano estratégico de diversificação agrícola, enquanto nas pescas salientou a criação de um programa de promoção dos produtos de pesca dos Açores e de um programa de reestruturação da frota, com apoios ao abate de embarcações e à reforma antecipada, bem como a criação de um centro de aquicultura.

A proposta do PS prevê ainda o reforço do complemento açoriano do abono de família, do complemento regional de pensão e do complemento para a aquisição de medicamentos pelos idosos.

Na saúde, os socialistas propõem a criação de núcleos de saúde familiar e um combate às listas de espera, que passa, segundo Vasco Cordeiro, por uma melhor gestão dos blocos operatórios, pelo aumento de cirurgias em regime de ambulatório e pelo fomento da complementaridade entre os hospitais regionais e outros sistemas de saúde.

Segundo o líder regional socialista, a proposta de programa de Governo do PS, composto por 118 páginas, teve por base a auscultação de milhares de açorianos e a sua elaboração foi coordenada por Sérgio Ávila, atual vice-presidente do Governo Regional.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.